Imagem de capa de O Cerne

O Cerne

EstiloIndie
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays3.253plays
Tamanho
Imprimir

Negativas

Composição: Melchior Melo

Quem não se entende não importa Com o olhar de quem não tem Quem não reflete só destrói A esperança de alguém E só se atém ao bolso próprio E fecha a cara para o bem Virando o rosto toda hora Que lhe pedem um vintém Mas diz que faz muito ao próximo E que ajuda um alguém Mentira pronta descabida Pra aumentar o ego que tem E agradar sociedade essa Que a ninguém provém O berço para construir Um justo digno viver E não se quer e não se vê Quem não se amarra à amargura E ao rancor de quem já tem A vida pronta e toda entregue Por outrem que já a fez Agrada a graça das manhãs Que se discorrem ao trazer Um novo dia acreditar Em acordar uma outra vez Mas não se pode esperar Do terno ou paletó que tem A lábia pronta de enganar E afirmar ano que vem Pois a sujeira rola solta E não se sabe de ninguém É construir algo da gente Pra lá dentro resolver E a responsa é de quem? Só negativas de vocês

82

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica