Dadá Boladão

Cidade/EstadoRecife / PE
Plays1.665.734plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesBianca Luz e outros 782 ouvintes
Fã-clubeLafaiete Júnior e outros 62 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Dj AlvinhoDJ
Dadá BoladãoVoz
BrunaDançarino(a)
Ver mais integrantes

Release

Com tatuagens pelo corpo e correntes douradas no pescoço, Alef Flávio Duarte Pereira, de 24 anos (2017), exala pinta de galã. O nome de batismo até passa despercebido. Mas o apelido musical já se firma como um dos destaques do brega-funk pernambucano: Dadá Boladão despontou como autor de uma das músicas incluídas no DVD solo de Solange Almeida (Sentimento de Mulher), ex Aviões do Forró. Revoltada foi gravada em parceria com a baiana Ivete Sangalo, no dia 8 de fevereiro de 2017 no Citibank Hall, em São Paulo.

"Quase não acreditei. Estava no salão cortando o cabelo quando as fãs de Solange começaram a me marcar nas postagens. Não sabia que teria a Ivete. Também foi surpresa para mim", disse o cantor ao Viver.

A carreira no brega-funk começou quando ele formava a dupla Tocha e Dadá. Por divergências profissionais, eles encerraram a parceria em maio do ano passado. Juntos, chegaram a gravar dois DVDs. A partir daí, Dadá deu início ao trabalho solo e experimenta o sucesso com a música Revoltada. A faixa também já foi gravada por Gabriel Diniz e pela banda Saia Rodada.

No palco, o cantor é acompanhado pelo DJ Veloster e os dançarinos G, Romano e Maluquinho e usa e abusa das coreografias. O resultado do som é uma mistura do brega recifense com as batidas do funk e o molejo do arrocha. "A gente fica feliz em ver o trabalho sendo reconhecido. É muito bom ver o movimento brega-funk crescendo a cada dia e ter uma música cantada por duas musas da música brasileira", comemora o MC.

O objetivo dele é exportar o brega-funk para todo o Brasil. A canção Joga Sujo teve o clipe gravado no Recife e em Olinda com participação da Mulher Melão. Em outro vídeo, a faixa ganhou coreografia assinada pela bailarina do Faustão e youtuber Lore Improta. Após o carnaval, ele pretende gravar clipe de uma canção inédita pela produtora Kondzilla, responsável por revelar nomes como MC G15, do hit Deu onda, e ainda MCs Zaac & Jerry, com Bumbum Granada, e MC João, com Baile de favela.

Nascido em Itapissuma, Litoral Norte pernambucano, onde mora até hoje, ele foi apelidado de Dadá na infância. O "boladão" veio mais tarde para compor o nome artístico e foi inspirado no MC paulista Felipe Boladão, falecido em 2010. O nome do ídolo está tatuado no pescoço, que se soma a oito desenhos, como o nome da mãe Lucineide, 42 anos (2017), e da filha, Alice, 6 anos (2017), ambas marcadas no peito.

Assim como outros cantores -  Wesley Safadão e Thiaguinho -, se não tivesse enveredado para a carreira musical Dadá gostaria de ser jogador de futebol. Ele chegou a atuar como meio-campo na categoria de base do Náutico e na equipe do ABD, de Sergipe, dos 14 aos 16 anos.

À época, a paixão pela música falou mais alto e ele começou a compor. "A inspiração vem de tudo. Do dia-a-dia e das situações que podem acontecer com qualquer pessoa. Essa letra é um grito de libertação para as mulheres. Fala de uma mulher que foi traída e ficou revoltada", explica.

Dadá vislumbra, ainda, mais oportunidades para o movimento brega-funk, mas critica a forma como alguns MCs se comportam no mercado. "Muitos não sabem o que querem e trabalham errado. Por causa de um, todos pagam", observa o artista. Ao lado de nomes como MC Troinha, MC Menor e Sheldon Férrer eles ajudam a ampliar o alcance do estilo musical originado nas periferias do Recife. "O segredo é se comportar como um artista de verdade, fazer música autoral colocando verdade nas letras e não copiar de outros MCs", define.

Playlists relacionadas

Contrate

Valmir Mendonça Promoções

(84) 3611 - 1048 | (81) 99808 - 5130http://www.valmirmendoncapromocoes.com.br
Home