Os Minervas

EstiloRock
Cidade/EstadoTrês Corações / MG
Plays2.365plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesLuiz Felipe Silva Melo e outros 4 ouvintes
Fã-clubeCoquinho Neves 2015 e outros 13 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Guilherme BorgesVoz, Violão, Backing Vocal
Luis FelipeVoz, Violão, Teclado, Guitarra, Baixo, Backing Vocal
Ésdras BernardesVoz, Violão, Teclado, Guitarra, Gaita, Baixo, Backing Vocal
Ver mais integrantes

Release

Os Minervas foi resultado de um encontro de amigos que queriam participar do II Festival da Canção de São Thomé das Letras – MG (2006). Para participar do festival, era necessário enviar três músicas, exigidas na inscrição, para o processo seletivo das bandas que participariam do evento.
Em meados de 2006, Júlio Cesar, vocalista e guitarrista da banda Estratégia do Caos, uma banda de rock nacional de Três Corações, com enfoque em fazer cover de bandas da década de 1980, decide efetivamente gravar o material para ingressar no Festival. Com o período de inscrições se encerrando, Júlio César convida seu amigo, Esdras Bernardes, que tocava guitarra e compunha algumas canções, porém, nunca havia apresentada em público as canções. Para completar a formação do conjunto, e tocar as canções de Esdras Bernardes no Festival, juntou se dois membros da banda Estratégia do Caos: Rodrigo Esperidião e Helton Costa (Boi). É nesse processo de preparação direcionado para o Festival, que se lapida, e depois se concretiza Os Minervas.
Logo após o Festival a banda fez algumas apresentações com a mesma formação, mas acabou se dividindo no mesmo ano, continuando apenas Esdras Bernardes e Helton Costa (Boi). Gravaram um disco “demo” com seis canções, que acabaram tendo uma pequena repercussão nas rádios de Três Corações e de algumas emissoras de cidades vizinhas, abrindo portas para o conjunto se apresentar em locais distintos, sem deixar de incluir em seu repertorio as músicas de Esdras Bernardes.
A última apresentação dos Minervas aconteceu em 2008 na cidade de Cambuquira – MG, coincidentemente no dia Internacional do Rock, com uma apresentação acústica, a “melhor performance”, segundo alguns amigos que acompanhava o conjunto, entre eles, Guilherme Borges, que logo passou a ser parceiro de Esdras Bernardes nas composições de musicas executadas pelos Minervas.
E no intervalo da ultima apresentação dos Minervas, até os dias atuais, a produção musical de Esdras Bernardes e Guilherme Borges não cessou, porém, sem apresentar o material como Minervas.
Agora em nova empreitada com a participação de outros músicos como o já citado Guilherme Borges e também Lipe Melo advindos de outras bandas locais de rock. Esse grupo se reúne para compor canções e cantar e em sua maioria canções próprias com um pequeno repertório de covers na região do sul de Minas Gerais.

Playlists relacionadas

Home