O Teatro MágicoSegundo Ato - Amadurecência364.058 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
cancelar

Seu comentário foi publicado. Visualizar

Iniciando música ~ em
    1 / 108

    Entrada para Raros - Sintaxe à vontade

    Fernando Anitelli

    Sem horas e sem dores
    Respeitável público pagão
    Bem-vindo ao Teatro Mágico
    Sintaxe à vontade

    Todo sujeito é livre para conjugar o verbo que quiser
    Todo verbo é livre para ser direto e indireto
    Nenhum predicado será prejudicado
    Nem a frase, nem a crase e ponto final!
    Afinal, a má gramática da vida nos põe entre pausas, entre vírgulas
    E estar entre vírgulas pode ser aposto
    E eu aposto o oposto: Que vou cativar a todos
    Sendo apenas um sujeito simples
    Um sujeito e sua oração, sua prece
    Que a regência da paz sirva a todos nós
    Cegos ou não
    Que enxerguemos o fato
    De termos acessórios para nossa oração
    Separados ou adjuntos, nominais ou não
    Façamos parte do contexto
    E de todas as capas de edição especial
    Sejamos também a contracapa
    Porque ser a capa e ser contracapa
    É a beleza da contradição
    É negar a si mesmo
    E negar a si mesmo
    Pode ser, também, encontrar-se com Deus
    Com o teu Deus

    Sem horas e sem dores
    Que nesse momento que cada um se encontra aqui agora
    Um possa se encontrar no outro
    Até porque
    Tem horas que a gente se pergunta
    Por que é que não se junta
    Tudo numa coisa só?

    Músicas mais acessadas

    Álbuns e Singles/EPs  (7)

    Fotos (13)

    Clipes (7)

    Release

    O Teatro Mágico, que foi criado pelo músico e vocalista Fernando Anitelli em 2003, se consolidou como referência na América Latina por sua estética própria, que reúne a música com as artes performáticas, e também pelo uso inovador da internet para formação de público.

    A percepção de mudanças comportamentais - como o público se relaciona com a música e os seus artistas – trouxe para a companhia o espírito de projeto de música livre e o uso pioneiro de redes sociais como Facebook, Twitter e Youtube.

    Além da criação da sigla MPB (Música para Baixar), O Teatro Mágico foi um dos primeiros no Brasil a disponibilizar suas músicas para download gratuito. O grupo é formado por Fernando Anitelli (voz, violão, guitarra), Zeca Loureiro (guitarra e violão), Sérgio Carvalho (contrabaixo), Rafael dos Santos ...

    Continuar lendo>>