Imagem de capa de P-115

P-115

EstiloRock
Cidade/EstadoTubarão / SC
Plays6.854plays

Música em destaque

Se O Mundo Acabasse Hoje
Ver todos os álbuns
Ver mais vídeos

Comunidade

Ouvintes e outros 738 ouvintes
Fã-clubeJoão Guillherme e outros 9 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Vilmar BarduinoVilmar BarduinoVoz
Imagem de Igor MachadoIgor MachadoBaixo
Imagem de Douglas de MedeirosDouglas de MedeirosBateria, Backing Vocal

Release

A banda é composta por 5 integrantes:


Vilmar Barduino - Vocal
Igor Machado - Baixo
João Goulart - Guitarra
Levi Brasiliense - Guitarra
Douglas De Medeiros - Bateria

O Início
Tudo teve início em 2015 quando dois jovens compositores se uniram em amizade e vontade de fazer com que as suas músicas saíssem do papel.


Primeira formação e o nome P-115
Apesar de ter sido idealizada em 2015, a banda teve sua primeira formação em 2016, com Douglas na bateria, Igor Machado no baixo, Gean Fogaça na guitarra e Vilmar Barduino no vocal.
O nome P-115 faz referência a um código usado por viaturas que ficam paradas observando o movimento ou aguardando uma ocorrência. No caso, o nosso P-115 era a praça, sempre nos encontrávamos lá para fazer o nosso som. A partir daí a banda passou a ser chamada pela sigla.

2017
Tivemos inúmeros problemas internos ao longo de 2017, problemas esses que ocasionaram na paralização das atividades por alguns meses. Foi preciso amadurecimento de todos para retornar, porém voltamos com gás total! A primeira música a nascer foi “O Palhaço”. Temos um carinho enorme por essa canção, ela nos uniu. Até então pensávamos que nunca obteríamos sucesso apostando em músicas próprias. Tínhamos muitas discordâncias na parte criativa, aquela pausa nos ajudou a superar essas diferenças.

2018
O ano de 2018 mostrou-se ser um tanto turbulento nos primeiros meses. Nossos dois guitarristas na época deixaram a banda para se dedicar a projetos pessoais e tivemos que seguir sozinhos. Essa foi à formação que gravou o single “Se O Mundo Acabasse hoje”, Douglas Medeiros (Bateria, Guitarra e backing), Igor Machado (baixo) e Vilmar Barduino (Vocal).
As guitarras de “O Palhaço” haviam sido gravadas em 2017, porém a música não estava finalizada, faltava bateria, baixo e vocal. Aproveitamos o embalo para finalizar ela. E assim tínhamos os nossos dois singles prontos, “O Palhaço” e “Se O Mundo Acabasse Hoje”.



Entrada de João Goulart na guitarra
No mês de junho conhecemos o João Goulart que veio a ser nosso guitarrista, a entrada dele fez com que voltássemos a ensaiar e assim começamos a marcar os primeiros shows da banda. Essa formação deu muito certo, ao longo de 2018 fizemos inúmeros eventos tanto na cidade de Tubarão quanto fora.
Gravação do Clipe de “Se O Mundo Acabasse Hoje”
Como dito antes, tínhamos dois singles prontos para lançar, porém sentíamos a necessidade de um material em vídeo, para isso trabalhamos em conjunto com a Marieli Albertoni, desenvolvemos todo o roteiro e também os cronogramas de gravação. O clipe foi gravado em três cidades diferentes, Laguna (SC), Criciúma (SC) e Imbituba (SC).

Outra Direção
“Outra Direção” foi a primeira música que trabalhamos em grupo na composição nessa formação nova, o curioso é que a canção recebeu três letras diferentes até chegar na versão final.

A Dúvida Mata
Em dezembro de 2018, Goulart trouxe um riff com influências de hard rock para a banda, nascia aí à música “A Dúvida Mata”. A letra retrata a rotina de muitos brasileiros que saem de manhã cedo, às vezes até mesmo antes de amanhecer e não tem hora pra voltar para casa.

2019 – Entrada de Levi Brasiliense
A proposta da banda sempre foi ter duas guitarras, Levi Brasiliense era um amigo próximo que já conhecia a P-115, chegou a subir no palco em alguns eventos e até acompanhar ensaios. A aproximação foi genuína, tínhamos ideias parecidas, principalmente no quesito músicas próprias. As músicas passaram a ganhar mais preenchimento, principalmente ao vivo.

Seu primeiro show com a P-115 aconteceu na cidade de Nova Veneza (SC), a banda viajou em três carros, um dos carros seguiu uma estrada completamente diferente e foi parar em Urussanga (SC), 30 km longe de onde seria o evento. “Nós acabamos nos perdendo no meio do caminho, passamos por estradas que nem sequer era asfaltada, uma escuridão total, não tinha como andar acima de 40 km”.


Lançamento de “O Palhaço”
O primeiro lançamento da banda foi do single “O Palhaço” em março de 2019. Para isso a banda fez uma campanha de pré-lançamento completamente misteriosa. Abriu-se uma contagem regressiva nas redes sociais, porém não foi anunciado o que iria acontecer e isso gerou uma curiosidade enorme entre a galera que acompanhava os perfis oficiais da P-115.

João Rock 2019
O concurso de bandas do João Rock 2019 foi algo surreal. Nunca havíamos participado de algo parecido. Foram quatro semanas de votação, chegamos a chamar mais de quatro mil pessoas pedindo votos para a P-115, zeramos Instagram pessoal e também da banda, zeramos nossos perfis do Facebook, contatos e também grupos de Whatsapp. Diversas noites viradas explicando como era feito o cadastro no site para liberar o voto, chegamos a pedir votos em bares de rock na cidade, fomos entrevistados pela Radio Cidade Fm e também pela Unisul TV. O resultado final foi 15ª colocação com 994 votos, um feito único para uma banda de Tubarão SC.

Lançamento de “Se O Mundo Acabasse Hoje”
Para esse lançamento a banda fez uma parceria com a Cervejaria Cambirela, que estava idealizando um projeto chamado “Cambirela Music”, um selo criado com o objetivo de lançar artistas independentes da região. O Clipe levou a banda a outro patamar e em poucas semanas alcançou mil visualizações.

Show de lançamento “Se O Mundo Acabasse Hoje”
Dando sequencia ao projeto “Cambirela Music”, realizamos o show de lançamento na “Cervejaria Cambirela”, foi uma energia única, quando tocamos o single,o pessoal cantou sem parar, sem dúvidas, um de nossos melhores shows em todos esses anos.

Gravação da música “A Dúvida Mata”
Em junho de 2019, dando continuidade aos trabalhos da banda, entramos em estúdio para gravar a música “A Dúvida Mata”, foram alguns dias de gravação, o resultado final agradou bastante a banda, em especial, as linhas de guitarra. A música conta com uma ponte melódica no pré-refrão e um solo que praticamente sintetiza todas influências de Levi, mesclando blues, neoclássico e conceitos melódicos do heavy metal.



A Volta do baterista Douglas Medeiros
Em março de 2019 Douglas saiu da banda, passou alguns meses se dedicando a outros projetos e em setembro retornou.Ficamos felizes com sua volta, ele imprimiu a sua identidade na banda com suas linhas de bateria características. PEDAL DUPLO

Gravando “Sensação“
“Sensação” foi um divisor de águas na P-115, ela mudou a maneira como a banda compunha, trouxe um clima mais sentimental. A letra foi inspirada na saída dos dois primeiros guitarristas em 2017 e também no convívio entre nós integrantes. Quando tocamos ela pela primeira vez em um show, as pessoas simplesmente paralisaram em frente ao palco, nunca havia acontecido algo parecido antes.
Em setembro entramos em estúdio para grava-la, foi uma experiência e tanto! O uso do "slide" e de um violão de 12 cordas mostra o amadurecimento musical da banda, procurando novas sonoridades. O resultado final agradou a todos, sem dúvidas, é uma das músicas que mais gostamos na P-115!

2020
Exatamente no primeiro dia do ano lançamos uma releitura da música “Medo” (Sugar Kane). Elaboramos um clipe mostrando diversos arquivos em vídeo da banda, com gravações, eventos, zoeiras, ensaios, shows e finalizando com uma singela homenagem aos nossos seguidores, ao colocarmos seus stories em momentos com a banda, já que só chegamos onde estamos graças a eles e suas interações.



Suspensos do Estúdio (Reality Show)
Devido à pandemia mundial, ficamos impossibilitados de fazer ensaios e também shows. Sabendo disso o Bandnest veio com a ideia de um Reality Show da Quarentena, onde as bandas tinham cinco dias para desenvolver conteúdos escolhidos pelo público. Esses conteúdos eram escolhidos por meio de votação no Instagram oficial do Bandnest.
As bandas ficavam por no máximo quatro semanas, ganhando pontos por participação do seguinte modo:
1º três pontos
2º dois pontos
3º um ponto
O 4º lugar deixava a competição

1º Desafio - Meros Mortais
O primeiro desafio escolhido pelo público foi “Criar uma música com o tema da Quarentena com apenas Trinta Segundos”.
Tivemos cinco dias para criar a música, gravar o áudio e também um clipe. Lutamos contra o tempo de todas as maneiras possíveis. A música foi toda desenvolvida pelo Whatsapp, através de áudios e também mensagens de texto. Pensamos em uma letra que conscientizasse o pessoal a ficar em casa.
Com a Música pronta e lançada, iniciaram-se as votações pelo perfil do Bandnest. O resultado final foi impressionante, 131 votos no total, com isso fomos à banda mais votada e conquistamos os primeiros três pontos.
“Meros Mortais” foi transmitida na Unisul TV, na Web Rádio Conecta, sites jornais locais também noticiaram o lançamento.

2º Desafio - Retina
Na segunda semana, o desafio escolhido pelo público foi “Inverter bandas”. P-115 tocou “Retina” da Nort Moskow e Nort Moskow tocou “Se O Mundo Acabasse Hoje”. O resultado das votações foi impressionante! Com um total de 301 votos ganhamos o segundo desafio.

3º Desafio – Evidências
A terceira semana de desafio foi completamente bizarra, o público escolheu “Versão Rock de Evidências”. Para esse desafio, decidimos mudar a contagem da música para ¾. O desafio nos limitava a um minuto de duração também, sabendo disso, cortamos um pedaço da letra e passamos direto para o refrão com uma pequena gracinha.

Obtivemos um total de 268 votos nessa terceira semana e mais uma vez ficamos em primeiro lugar, conquistando três pontos.


4º Desafio – P-115 (O Que Queremos)
O desafio final tinha por objetivo compor uma música de um minuto de duração que contasse um pouco da história da banda. Relatamos alguns acontecimentos importantes, como surgimento do nome entre outros.
Para esse desafio final a banda estava mais tranquila, diferente dos anteriores. Novamente o resultado nos surpreendeu 238 votos no total.
Foi impressionante a força que o nosso público deu a banda, é uma tarefa nada fácil criar um conteúdo por semana, ainda mais com poucas ferramentas disponíveis. Com esse resultado conquistamos mais três pontos no Reality Show e acabamos vencendo a primeira Edição do “Suspensos do Estúdio”.



Ranking final & Premiação

O ranking final ficou assim:
P-115: 12 pontos
Nort Moskow: 6 pontos
Monroll: 5 pontos

Após vencermos o Reality Show, demos uma entrevista para o jornal “Câmera Aberta” contando um pouco sobre os desafios, as matérias mostraram trechos dos vídeos desenvolvidos durante a Quarentena. Fizemos uma entrevista com o “Lab Sessions” canal voltado para artistas independentes. Nessa entrevista contamos algumas curiosidades sobre a P-115 e também sobre as músicas.



Homenagem aos 150 anos de Tubarão – SC
Em homenagem aos 150 anos de Tubarão, fizemos uma versão rock do hino da cidade. Trabalhamos da mesma maneira do “Suspensos do Estúdio”, todos a distância, gravando em casa e com trechos em vídeo tocando a música.
A versão rock do hino repercutiu bastante na cidade, foi compartilhada em todas as redes sociais da prefeitura, grupos de “Whatsapp”, chegou a ganhar uma matéria no jornal “Câmera Aberta” e serviu como tema de abertura para o programa “Mais Mulher”, ambos na Unisul TV.


EP “Outra Direção”
O EP “Outra Direção” reúne músicas da primeira fase da banda, atualmente a banda se encontra trabalhando na produção deste material que vai contar com cinco faixas sendo elas “Fora do Normal”, “Avisa Lá!”, “O Que Elas Querem Hoje Em Dia”, “Me Dizer” e faixa Título “Outra Direção”.

Playlists relacionadas