Imagem de capa de Padre Fábio Vieira

Padre Fábio Vieira

EstiloCatólica
Cidade/EstadoCorumbá / MS
Plays618.526plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

Ouvintesed82845 e outros 1.406 ouvintes
Fã-clubeRosana Benedito e outros 208 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Pe. Fábio VieiraPe. Fábio VieiraVoz
Imagem de Roberto OliveiraRoberto OliveiraVoz, Violão, Teclado
Imagem de Wagner ToloneWagner ToloneSaxofone
Ver mais integrantes

Release

%u201CQuer saber no que cremos? Vem ouvir o que cantamos!%u201D (Santo Agostinho)

Dentro da Igreja, sempre houve um lugar todo especial para as artes, notadamente a musical, que é uma das mais sublimes formas da expressão dos sentimentos humanos, em relação ao seu criador.
Assim também aconteceu na Diocese de Corumbá, quando, em 2002, chegava à cidade o jovem seminarista Fábio Vieira. Vendo a realidade de uma juventude constantemente assolada por uma %u201Ccultura de morte%u201D, marcada pela permissividade, violência, e inúmeras outras situações que afastam o jovem de seu Criador; agravada ainda pela atual situação de nossa Igreja Particular: Pobre, carente de sacerdotes que possam se dispor a trabalhar coma juventude, o jovem Fábio, dócil às moções do Espírito Santo, iniciou um trabalho de evangelização totalmente voltado ao resgate da juventude de nossa Igreja particular, tendo em São João Bosco, %u201CPai e Mestre da Juventude%u201D, sua fonte de inspiração.
Para este trabalho com a juventude, uniu-se a Fábio o jovem Roberto Oliveira, músico de formação clássica, então organista da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, onde não era valorizado. Esta dupla de amigos inseparáveis promoveu três retiros na cidade de Campo Grande, capital do estado, cidade na qual Fábio cursava Teologia, chamados %u201CJOVENS DE JESUS%u201D, nome do grupo jovem da Paróquia na qual o mesmo foi designado a fazer seu trabalho pastoral. E em um destes encontros com a juventude campo-grandense foi composta, em um momento profundo de espiritualidade diante de Jesus Eucarístico, a canção %u201CAmor Supremo%u201D, que dá o nome à banda.

No ano de 2005, surge um novo desafio: A gravação do 1º CD. Com a ajuda da Providência Divina, conseguiu-se, a duras penas, obter sucesso nesta empreitada, culminando com o show de lançamento do disco, no dia 03 de dezembro do mesmo ano em Campo Grande, e no dia 11 do mesmo mês em Corumbá. Foi uma tiragem limitada, com distribuição apenas local.
Durante o ano de 2006, formou-se a BANDA AMOR SUPREMO, tendo sua primeira apresentação pública em 09 de dezembro de 2006, por ocasião da Ordenação diaconal de Fábio. De lá para cá, a Banda também participou de vários momentos fortes dentro da caminhada da Diocese, de maneira especial a ordenação sacerdotal de Fábio, ocorrida em 07 de julho de 2007, sua primeira Missa, bem como em eventos de massa, como o Dia Nacional da Juventude.
No ano de 2008, descortina-se diante do Pe. Fábio e de sua banda, um novo horizonte: A gravação do 2º CD, %u201CPio Pelicano%u201D.

Os integrantes da BANDA AMOR SUPREMO são músicos jovens, porém com larga experiência musical e caminhada na Igreja, sendo provenientes de todas as seis paróquias da diocese.
Seu símbolo, o pelicano, é antiqüíssima representação de Jesus Sacramentado: A ave, quando de nada mais dispõe para alimentar sua prole, abre o ventre com seu bico e dá seu próprio sangue aos filhotes, assim como fez Jesus.
E no triênio de preparação para o centenário da Diocese de Corumbá, a BANDA AMOR SUPREMO quer galgar novos horizontes, levando a Palavra de Deus através da arte musical, e principalmente, através do seu testemunho de amor fraterno: %u201CNisto, todos saberão que vós sois meus discípulos, se vos amais uns aos outros%u201D.

Playlists relacionadas

Contrate

Amor Supremo Produções

(67) 9987 - 2959 | (67) 3231 - 1625http://www.padrefabiovieira.com.br