Imagem de capa de Paulo Inchauspe

Paulo Inchauspe

EstiloPop Rock
Cidade/EstadoPorto Alegre / RS
Plays7.317plays
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesInchauspe Inchauspe e outros 70 ouvintes
Fã-clubeRoselves Alves e outros 8 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

Apesar de sempre terseu nome associado ao rádio, Paulo Inchauspe sempre foi, antes dequalquer coisa, um músico. Essencialmente um guitarrista, desde seus12 anos - quando começou a praticar o instrumento. Mas é agora, aos47, que ele lança o seu primeiro trabalho solo. O EP “AmigoImaginário” tem sete faixas e foi disponibilizado nas principaisplataformas digitais em novembro de 2017.


“Amigo Imaginário”foi gravado nos estúdios da Tec Audio, em Porto Alegre, entrefevereiro e abril do ano passado. Em tom confessional, uma temáticaquase que completamente autobiográfica e uma roupagemsurpreendentemente pop rock, o EP é resultado de composições eparcerias realizadas na última década.


“Fiquei muitotempo pensando em como fazer isso levando o meu nome. Acho questartei depois do que deveria, mas nunca é tarde...dizem. Entãoresolvi que “Amigo Imaginário”, baseado em uma biografia,digamos, foi se formando no meu processo de criação, e resolvi quea hora era essa. Penso que deveria ter feito antes, mas ele nãoestaria pronto ou resolvido, de certa forma”, explica Inchauspe.


Das sete músicas doEP, cinco são composições de Paulo Inchauspe. A faixa “NaqueleDia” já havia sido gravada no primeiro disco da banda ManiMani,projeto com Luciano Leindecker e Caio Girardi, e é composição deIco Neto, baseada em um texto de Inchauspe, de 2006, sobre comoconheceu seu pai. Já a canção que fecha o trabalho, “Quando EuTe Vejo”, é composição do músico Luiz Panta.


Acompanharam PauloInchauspe nas gravações de “Amigo Imaginário” os músicosGustavo Laydner (bateria), Guilherme Zanini (guitarra) e Igor Conrad(baixo), que também foi o técnico de gravação e mixou o disco.


Projeto
As músicas do EP“Amigo Imaginário” foram apresentadas ao vivo no show deestreia, que aconteceu no dia 12 de dezembro, no CentroHistórico-Cultural Santa Casa, em Porto Alegre.


Em 2018, Inchauspepretende levar o espetáculo a outros palcos pelo estado, juntamentecom um workshop de guitarra. Além disso, todas as faixas devemganhar um vídeoclipe. O clipe de “A Busca”, canção que abre odisco, já foi lançado.(https://www.youtube.com/watch?v=GdYjcNTsVoA)


Paulo Inchasupe
Músico, produtor eradialista, Inchauspe nasceu na fronteira do Rio Grande do Sul com oUruguai. Começou a tocar e estudar guitarra no início daadolescência, já morando em Porto Alegre. Na metade da década de90, ingressou no curso de Comunicação Social da Ulbra e acabou seaproximando da rádio da universidade, a Felusp FM, que depois viriaa ser a Pop Rock e atualmente é a Mix FM. Deixou a emissora em 2012,depois de 15 anos.
Como músico, éprodutor, faz trilhas e jingles para comerciais, além de já terparticipado, entre outros projetos, da banda da cantora Izmália elançado um disco com a banda ManiMani, em 2014, junto com LucianoLeindecker e Caio Girardi.

Playlists relacionadas