Coração Idiota

Paulo Vitor Vilela, Filipe Labret

Não sei o que estou fazendo
Nem se vai ser melhor!
Estou indo embora, te deixo agora
Um bilhete de adeus!
Por causa de você, foi que eu aprendi.
Que a melhor saída é viver a vida,
longe de você, e do seu amor que me faz sofrer.
Esse coração idiota, parece que gosta mesmo de sofrer
Sofro a cada momento, cada pensamento que me lembra
você
Você com seus beijos me aquece e me enlouquece de
tanto prazer
E que depois me ignora, parece que gosta de me fazer
sofrer!
Eu queria entender, esse meu coração
Ama sem ter razão, vive na solidão,
E Só quer te esquecer!
Queria terminar, parar de sofrer, seguir outro
destino.
Mas todos os caminhos me levam pra você.

Esse coração idiota, parece que gosta mesmo de sofrer
Sofro a cada momento, cada pensamento que me lembra
você
Você com seus beijos me aquece e me enlouquece de
tanto prazer
E que depois me ignora, parece que gosta de me fazer
sofrer!
Como eu queria entender, esse meu coração
Ama sem ter razão, vive na solidão,
E não quer te esquecer!
Queria terminar, parar de sofrer, seguir outro
destino.
Mas todos os caminhos me levam pra você.

Músicas mais acessadas

Fotos (17)

Release

Amigos desde a infância, Paulo Vitor e Filipe trilharam caminhos diferentes até que se encontraram nos corredores da faculdade de direito da Universidade Luterana do Brasil ? Ulbra, em Palmas. Paulo Vitor tocando violão por hobby e Filipe certo de que queria ser cantor. Os laços de amizade se firmaram novamente e paixão pela música cresceu nos dois jovens, fazendo nascer a dupla Paulo Vitor e Filipe.

Com dois anos de carreira, já se apresentaram na Bahia, no Pará, no Maranhão, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro, em Goiás e é claro no Tocantins. No repertório músicas autorais como ?Ainda sou eu?, ?Pode ir? e ?Nossas memórias?, além de sucesso de artistas consagrados.

Em parceria com um dos maiores produtores musicais do Brasil, o maestro Pinocchio, que assinou produções de ...

Continuar lendo>>