Celso Pixinga

EstiloJazz
Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays7.548plays

Comunidade

Ouvintes e outros 25 ouvintes
Fã-clubeBruno Felix e outros 2 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

CELSO PIXINGA - Celso Claudio Cascarelli, filho de Bernardo Cascarelli (o XIXA do Cavaquinho) e D. Lazara Garcia Cascarelli, nasceu em 12 de julho de 1953 em São Paulo.

Sua historia musical começou aos 6 anos de idade estudando piano erudito com a professora Marilena até seus 12 anos. Nessa época começaram a aparecer os grupos de rock, então Celso ficou deslumbrado com Beatles, Rolling Stones, Led Zepellin, Jimmy Hendrix e muitos outros. Nessa mesma época surgia o movimento da Jovem Guarda. A guitarra estava em ascensão, e foi aí que Celso trocou o piano pela guitarra. Essa trajetória durou de 1970 a 1978.

Existia um grande movimento do rock nos bairros da Pompéia, Perdizes, Sumarezinho e Pinheiros onde Celso navegava...

Em 1979, por indicação de seu pai ele conheceu o cantor Eduardo Araújo e a cantora Silvinha. Eduardo Araújo foi o responsável por Pixinga ter trocado a guitarra pelo baixo.

Nessa época Pixinga fez um curso de harmonia com o professor Didi.
Depois de uns 3 meses Pixinga realizou que era o baixo que ele deveria adotar como seu instrumento de trabalho. Passou a estudar por um ano 18 horas por dia,pois nesta época já estava com 27 pra 28 anos de idade. Não existiam recursos pedagógicos para ajudar o musico a se especializar num instrumento: só existia o Museu do Disco, onde se achavam alguns discos importados. Quem tinha a informação, guardava pra si mesmo. Mas Pixinga encontrou 2 pessoas que o ajudaram na parte pedagógica: o baixista Gabriel Ballis ( na parte da leitura musical) e o guitarrista Mozart Mello ( na área de improvisação). Eduardo Araújo foi muito feliz na sugestão pois Pixinga se encontrou no contrabaixo.

Nos anos 80 teve a força do cantor Jessé. Começou a fazer shows no Brasil todo com ele e fez suas primeiras gravações como musico profissional.A partir daí, Pixinga teve uma carreira meteórica: começou a gravar jingles, tocar com vários maestros, enfim, surgia o músico PIXINGA.

Pixinga sempre foi muito extrovertido no palco, sua relação com a musica sempre foi muito forte...

Depois de um tempo, Pixinga estava acompanhando uma cantora “X”,quando após o show foi chamado pelo empresário da mesma que gentilmente pediu para o Pixinga ficar mais parado no palco, pois estava ofuscando o brilho da cantora... Isso foi um alerta pro Pixinga perceber que tinham outros caminhos a serem percorridos alem de acompanhar cantor e gravar.

Foi aí que Pixinga se voltou pra musica intrumental e nos anos 90, montou sua escola de contrabaixo, que foi o suporte pra que ele pudesse seguir sua carreira solo. A grande insentivadora de sua carreira musical solo foi sua mulher Rita Kfouri.

Mas Pixinga ainda tinha que passar por uma grande provação de vida: em 2001,num piscar de olhos estava na UTI do Hospital do Coração onde realizou 2 cirurgias com sucesso.

Uma corrente muito grande e forte foi formada por varias” tribos”de diferentes religiões e ceitas onde amigos e admiradores oraram pelo sucesso de sua cirurgia.

Pixinga agradece eternamente a todos e a Deus...

Atualmente Pixinga é educador,viaja dando workshops por todo o Brasil e continua na sua peregrinação de tentar viver de musica instrumental no Brasil.

Playlists relacionadas

Contrate

Home