Imagem de capa de Poison Gas
Poison Gas

Poison Gas

EstiloRock
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays38.219plays
Tamanho
Imprimir

Desencanto

Composição: Manuel Bandeira, Davi Leão, Gabriel Colen, Pedrinho, Rafael Baino

Eu faço versos como quem chora De desalento, de desencanto Fecha o meu livro, se por agora Não tens motivo nenhum de pranto Meu verso é sangue, volúpia ardente Tristeza esparsa, remorso vão Dói-me nas veias, amargo e quente Ooooh, gota a gota do coração E nestes versos de angústia rouca Assim dos lábios a vida corre Deixando um acre sabor na boca Eu faço versos como quem morre Meu verso é sangue, volúpia ardente Tristeza esparsa, remorso vão Dói-me nas veias, amargo e quente Ooooh, gota a gota do coração Eu faço versos como quem morre Meu verso é sangue, volúpia ardente Tristeza esparsa, remorso vão Dói-me nas veias, amargo e quente Ooooh, gota a gota do coração

1.438

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica