FamiliaPR15

Cidade/EstadoCeilândia / DF
Plays59.986plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesPaulo Crux's e outros 107 ouvintes
Fã-clubeJohon Pires e outros 188 fãs

Comentários

Filtrar Por:
CLEBÃOVoz
DOM ZULUVoz
JEFFINVoz
Ver mais integrantes

Release

No Inicio de 1999, o então grupo social Se Liga Galera iniciou na Escola Classe 38, localizada no bairro QNP, no setor norte da cidade de Ceilândia – Distrito Federal, um projeto chamado Oficina de Rima, que ensinava aos jovens da localidade as várias formas de arte dentro da cultura Hip-Hop, no intuito de dar à esses jovens um caminho que os mantivessem longe das drogas e da criminalidade, onde um dos instrutores era o Mc Marquinhos, integrante do grupo de rima Tropa de Elite. O projeto reuniu vários adolescentes, muitos deles já estavam envolvidos no movimento hip-hop e já possuíam grupos musicais. Durante essas aulas os integrantes de cinco grupos participantes do projeto resolveram se unir e montar uma posse, com a intenção de expandir seus conhecimentos e força na luta para realização de seus objetivos que na época estava em gravar um Cd e se tornarem profissionais de Rima. Os grupos envolvidos eram: Existência Negra, Conscientes MC´s, Realidade Anônima, Predica Febril e Tropa de Elite, os cinco grupos totalizavam 15 integrantes. Em uma dessas aulas foi realizada uma votação para a escolha do nome da posse, entre vários nomes, os mais votados eram Armadilha e Pr-15 (15 Rimadores na Posse), o qual saiu vencedor com maioria dos votos. Os anos se passaram e vários não conseguiram levar o sonho à frete, devido a imensa luta travada, dia após dia, contra as críticas maldosas e a discriminação de grande parte da sociedade, o que levou a posse a tornar-se um grupo.

Jefin

Jéferson dos Santos Lima, nascido em janeiro de 1989, na cidade de Ceilândia - Distrito Federal. Começou na rima em 1994, aos 05 anos, antes mesmo de começar a ler, no grupo Pregadores da Paz, incentivado por seu amigo Dione Black, líder e integrante do grupo, que o ajudava a decorar as letras e sua primeira apresentação em público, ainda no grupo, foi na Escola Classe 62 de Ceilândia Norte no mesmo ano em que começou. Algum tempo depois Jeffim deixa os Pregadores da Paz e passa a integrar o grupo Advertência Criminal, onde participou de movimentos sociais de grande importância, como a oficina de Rima do Grupo Se Liga Galera e do Movimento Hip-Hop Organizado (MH2O), que se iniciava em Brasília. Permaneceu no grupo Advertência Criminal durante um ano, o que lhe rendeu grande experiência dentro do mundo musical. O rimador teve uma breve participação no grupo Realidade Anônima, ao sair do grupo permaneceu afastado dos palcos por algum tempo, quando foi convidado à fazer participação em algumas músicas do Grupo Ato Verídico, que junto à outros grupos veio a formar a Posse Pr-15, hoje a mesma veio a se tornar o grupo Família Pr-15, onde o rimador permanece cantando e compondo letras forte nos dias atuais. Apesar de ter iniciado sua caminhada profissional no mundo da música, ainda muito cedo, isso não atrapalhou sua infância e lhe ensinou o sentido do bem, a diferença entre o certo e o errado, o respeito ao próximo, lhe mostrou a dureza da realidade.

Dom Zulu

Rogério Pereira da Conceição, nascido em Janeiro de 1980, na cidade de Taguatinga – Distrito Federal. Iniciou sua trajetória na rima em 1994, por incentivo do amigo Kassula (Rodrigo) que havia formado o Grupo de Rima Apocalipse Mc’s, onde permaneceu por quase um ano, apos o fim do grupo, o Rimador passou dois anos sem cantar, durante este período conheceu Mario e formaram o Grupo Realidade Anônima e chegaram fazer uma participação no Cd Apocalipse do Grupo Tropa de Elite, onde uma das faixas do Cd é a música “Realidade Sangue Bom” de criação de seu grupo. Fizeram vários shows por todo o DF, entorno e na cidade de Goiânia-GO. Com o grupo participou de projetos sociais como a oficina de Rap do Grupo Se Liga Galera. Algum tempo depois o Grupo Realidade Anônima, juntamente a outros grupos, passa a integrar a posse Pr15, que foi se desmanchando aos poucos e de posse se fez o Grupo Família Pr-15, pelo fato de que três dos cinco integrantes são irmãos, entre os três está o Rapper Dom Zulu, que hoje, no grupo, compõe e canta letras de descontração e conscientização.


Nego Billa

Nego Billa ( Vocal ) Nome Antônio Pereira da Conceição, nascido em setembro de 1986, na cidade de Ceilândia – Distrito Federal. Começou sua caminhada no mundo da rima em 1994, aos 07 anos de idade, fazendo participação com o Grupo Pregadores da Paz. Em 1995, juntamente com o primo Cobra, montou o Grupo de Rima Limites de Rua, receberam várias críticas e sofreram muita discriminação por cantarem Rap, mesmo com muita dificuldade o grupo estava indo bem e fizeram várias apresentações. Em 1996, com o fim do grupo, Nego Billa continua cantando ao lado de Cobra, mas vieram a se separar no mesmo ano. Em 1997 se junta ao Rapper Nego Kali, mais tarde conhecido como Nego “K”, formaram o Grupo Existência Negra, grupo que mais tarde veio a integrar a posse Pr-15, hoje a mesma tornou-se o Grupo Família Pr-15, onde o Rapper Nego Billa permanece em sua caminhada cantando, compondo e levando ao público seus sonhos de justiça.


Dione Black

Nome Jonatas Pereira da Conceição, nascido em agosto de 1983, na cidade de Planaltina – Distrito Federal. Iniciou no mundo musical aos 09 anos de idade, incentivado por um show do Pop Star Michael Jackson. Sincero e realista se identificou como rimador, em 1993 fundou o grupo Pregadores da Paz. Em 1994, apoiado por outros integrantes, teve a ideia de modificar o nome do grupo, que passou a chamar-se Consciência Criminal, realizaram vários shows e fizeram parte do MH2O ( Movimento Hip-Hop Organizado), que se iniciava no Distrito Federal. Em 1996, o grupo passou por novas mudanças, o que levou o Rimador a mudar novamente o nome do mesmo; Jhonnie Dy, ainda conhecido como Mano Profeta, recebeu o apoio dos novos integrantes e o grupo passou a chamar-se Conscientes Mc’s. O grupo fez parte do projeto social Oficina de Rima do grupo Se Liga Galera, onde unindo-se a outros quatro grupos de Rima da região, que também participavam do projeto, na intenção de montarem uma posse, isso fez de Jhonnie Dy um dos fundadores da Posse Pr-15. Devido a várias mudanças e o afastamento de vários integrantes dos grupos, a posse veio a tornar-se o, hoje, grupo Família Pr-15, onde o Rimador canta e compõem rimas de conscientização contra o racismo, as drogas, diferença social e violência.

Clebão


Cleber Neris Solidonio, nascido em novembro de 1982, na cidade de Taguatinga - Distrito Federal. Começou sua trajetória no mundo da rima em 1994, aos 12 anos de idade, incentivado por seu irmão que na época curtia bastante musicas black. Em 1995, passou a integrar o grupo Realidade Anônima, convidado por seu amigo Mario, fez vários shows, participou do movimento MH2O (Movimento Hip-Hop Organizado), fez parte da música “Realidade Sangue Bom”, que entrou em uma faixa de participação no Cd Apocalipse do grupo Tropa de Elite. Juntamente com seus parceiros de grupo e fez parte de projetos sociais como a Oficina de Rima do grupo Se Liga Galera, com isso se tornou um dos fundadores da Posse Pr-15, agora, transformada em grupo e conhecido como Família Pr-15, no grupo o Rimador compõe e canta seus sonhos e ideais transformadas em letras.

DJ Black


Nascido no Dia 11 de Abril de 1974, vindo de uma infância bem humilde, a qual morava numa invasão em CeilândiaDf (cidade satélite de Brasília), em meados de 1988 aos 14 anos de idade mudou-se Para Samambaia-DF (cidade satélite de Brasília), na qual começou a se interessar por músicas através do programa "Show da Xuxa” (1990) Influenciado pelo DJ Malboro que fazia suas montagens e mixagens nos Toca-Discos, no qual passava horas na frente da TV Durante todo o Programa. Aí começou a Trabalhar numa loja de materiais esportivos como Office Boy e os primeiros salários que recebera compraram um par de Toca-Discos simples, uns discos de Vinil e um amplificador e passava dias e noites sem dormir para aprender a tocar e fazer performances assim como o seu ídolo DJ Malboro. Dois anos depois (1993) já estava pronto, e a primeira casa a tocar foi a Boate "By Night" a qual ficava perto de sua casa. Voltou pra Ceilândia-Df para trabalhar numa loja de discos e nessa loja havia um par de Toca-Discos Technic's modelo SL 1200 MK2, aí ficou fácil e começou a aperfeiçoar as tuas ainda mais como DJ mixando e fazendo performances tais como: “scratching, tranformers e montagens com Vinil. Pouco tempo depois passou a fazer parte do grupo de Rap "Tropa de Elite" no qual ficou 12 Anos sendo Cinco CDs Gravados e um DVD ao Vivo no Centro de Ceilândia Com Mais de 50 mil pessoas presentes para ver um show de Primeiro Mundo e destaque para 2 músicas que são elas: "O Beck e o Contra Cheque" e "6 Bocão" as quais fizeram o grupo se tornar o Fenômeno de Brasília. Tocou em várias Boates e Casas de shows espalhadas por Brasília e em torno tais como: Cremlin, Opus 4, Capital Club, Tropical, Arte Show, Império Hall, Macadâmia, Real Show, Show Bar, Boate Summer com a Jovem Pan, Mansão do Forró, Ginásio de esportes de Luziânia, Boate Black Night Clube (a qual era o “Dono”), Festas em Mansões e também em Shows como: MC Marcinho, Psirico, Gaiola das Popozudas, MC Jenny, Mitiê do Brasil, Racionais MC's, Thaíde e DJ Hum, Realidade Cruel, Ndee Naldinho, Facção Central, GOG, Cidade Negra entre outros artistas de peso. Hoje eu sou um DJ Consagrado e realizado em Brasília e com minhas Mixagens e Performances espero crescer cada vez mais levando alegria diversão e entretenimento para a galera que curte as baladas, festas e bailes com garantia de satisfação. Agradeço Principalmente à Deus e a todos que me deram força e que fizeram com que eu chegasse até aqui e também á minha família que é a base de tudo. Abraços para todos e muito Obrigado!!!

Playlists relacionadas

Home