Samuel AraujoEleição1 play
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
cancelar

Seu comentário foi publicado. Visualizar

Iniciando música ~ em
    1 / 1

    Eleição

    Samuel Araujo

    Eleição (Música e letra: Samuel Araujo)

    Cospe fogo da metralha
    Pra mandar o sangue alheio
    Correr na sarjeta
    E pintar o pano de fundo
    Da eleição do Rio

    Vem o troco da escopeta
    Não tem mais homem de bem,
    Policial, bandido
    Todo mundo dando mole
    Na linha de tiro

    Não pergunte se é verdade
    Não pergunte quanto estrago faz
    Não pergunte se é possível
    Quanto tempo dá pra segurar
    Porque a resposta pode ser
    Não dá mais, não dá mais, não dá mais

    Do outro lado da cidade
    Ri à toa o sanguessuga
    É mais uma trapaça
    Que desceu goela abaixo
    Nesse jogo sujo

    Mais prisões e mais muralhas
    Chacinas e vidraças
    À prova de bala
    Isso é tudo que nos resta
    Pra chamar de mundo

    De mundo, de mundo
    De mundo, de mundo

    Ah, ninguém vai sufocar
    A ira santa desse povo aflito
    Ah ninguém vai sufocar
    A ira santa desse povo aflito

    Músicas mais acessadas

    Fotos (1)