Rafael Meneghini

EstiloFolk
Cidade/EstadoToledo / PR
Plays2.870plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesRazecão e outros 12 ouvintes
Fã-clubeSinuê Giacomini e outros 13 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Há muito tempo me rondava essa idéia de apresentar um trabalho diferente, um apanhado de canções que poderiam se perder no espaço/tempo, mas que foram resgatadas nesse compacto "Setas e Sinais", composições feitas em parceria de grandes músicos e arranjadas em um estilo diferente do que se faz com os D'Xavantes.
A música que começa essa história e que poderia ter entrado no álbum "O Nosso Rock" há três anos atrás é "Dez Horizontes" feita um ano antes do disco, por mim e Fábio Silva, ela tem a características fortes de Rock and Roll e não conseguimos uma roupagem bacana para ela naquela época, lembro-me do Fábio me perguntando sobre ela no disco de 2007.
Nas caminhadas dos D'Xavantes por Santa Catarina, Paulinho Paz, músico, compositor e meu tio, me presenteou com a canção "Setas e Sinais", dizendo que era minha cara e que deveria gravá-la; Realmente ela foi inspiradora para que eu comece a idéia de fazer esse trabalho solo ainda em 2008.
"Gato na Noite" foi feita em um domingo à noite, sentado na janela do sétimo andar olhando para o vazio da cidade, entre muitos rabiscos e riscos extraí essa poesia, tentei arranjar, mas foi em vão; Sempre converso pela internet com Paulinho Paz, assim mostrei a poesia a ele, e conseguiu uma roupagem incrível, realmente eu não conseguiria fazer aquilo, na webcam acertávamos os detalhes, achávamos as palavras e então ela estava pronta.
Nossa rotina às vezes nos deixa cheio de dúvidas, afinal quem não se pergunta Por quê? Pois é, Fábio Silva já havia se perguntado e estava com a letra quentinha em seu caderno quando lhe fiz uma visita com o violão, "O Por Que" é uma dessas canções que são captadas por nossas antenas, com certeza nesse dia estávamos muito inspirados e traduzimos bem a mensagem que nos chegou pelo ar; Quando Daniel Dutra entrou com o violino no estúdio, foi um presente.
Você deve ter se perguntado: "Porque esse cara gravou uma música gauchesca?". Calma meu amigo, vou lhe explicar. Sou filho de gaúchos, adoro tomar um mate logo cedo e tenho um pé nas tradições sulistas, afinal aqui na nossa região quem não tem algum vinco com o Rio Grande? Essa canção realizou um sonho meu e de meu Pai, Odilar Meneghini que me ensinou tudo o que sei sobre música hoje, de gravarmos uma música juntos; Lembro-me de quando "Guri" ouvia ele nos churrascos empunhando o violão e cantando com toda a força essa música, e sempre me emociono com ela, pois de certa forma conta sua história e a minha também, se você ouve Rock and Roll como eu e não consegue entender essa poesia de pai e filho, tente!
A fim de respirar outros ares e trabalhar uma linha diferente, resolvi procurar Marcos Hermes, para começarmos as gravações, um trabalho feito com muito cuidado em todos os detalhes, em clima de descontração e com muitos amigos músicos convidados que deram show dentro da sala de gravação; Com a intenção de resgatar canções que poderiam cair no esquecimento, mas que estão aqui para que todas as pessoas possam ouvi-las e conhecê-las.

Playlists relacionadas

Contrate

Agência BASE

(45) 3055 - 3360http://rafarock.com
Home