ROTA DE COLISÃO

ROTA DE COLISÃO

Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays26.540plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesFlavio Durães e outros 25 ouvintes
Flavio DurãesFlavio DurãesFlavio DurãesFlavio DurãesFlavio Durães
Fã-clubeAdemir Longaray e outros 63 fãs
Ademir LongarayAdemir LongarayAdemir LongarayAdemir LongarayAdemir Longaray

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de SONNYSONNYVoz
Imagem de TCHUCKTCHUCKVoz
Imagem de RuusoRuusoVoz
Ver mais integrantes

Release

Rota de Colisão


Formado em 1990 por Sonny (Jean Roberto Santos) e Tchuck (Márcio Santos da Silva), nos bairros do Jardim São Jorge e Cambará, Raposo Tavares - Butantã, São Paulo.
Nessa primeira formação, foram realizadas diversas apresentações em São Paulo e interior.
Em 1996, toda primeira formação do Rota de Colisão é desfeita, Sonny e Tchuck separam-se e afastam-se das atividades no meio do rap, somente retornando em 1998 quando consegue produzir seu trabalho demo, gravado em cd.
Produzido e finalizado o cd, ocorre a fusão do Rota de Colisão com outro grupo da região, o Guetos Mc's, formado por Russo (Paulo Márcio Pereira de Souza) e Bocage (Juliano de Oliveira Ribeiro).
Ao final do mesmo ano, após apresentarem a demo a KL Jay (Racionais Mc's) e Xis, grupo recebe a proposta de gravar um single pela gravadora 4P Discos, de propriedade dos mesmos.
Em estúdio, gravando o primeiro trabalho com produção de KL Jay, Giba (Gilberto de Oliveira Macedo) passa integrar o grupo como novo DJ.
Enquanto grava o single, o grupo passa fazer algumas apresentações com Xis no Anhembi, Palmeiras, ADPM Sorocaba, etc., com os Racionais Mc's em Sorocaba, no Clube Atlético, Rhappsody, etc., e outras diversas apresentações.
Em abril de 2000, é lançado o single Caminho Certo, contendo as músicas: Din Din Dom 2000 e Idéias de Periferia, com distribuição da gravadora Trama.
Em agosto do mesmo ano o grupo lança seu primeiro vídeo clipe, sendo este da música Idéias de Periferia.
Por duas vezes o grupo participa do programa Música na Rua, promovido pela gravadora Trama e exibido pelo Canal 21.
Ao final de 2000, com poucos recursos , o grupo consegue ingressar em estúdio para início das gravações de seu primeiro álbum.
Aos poucos, com produções próprias, conseguem ir finalizando as músicas, aguardando outras que seriam produzidas por KL Jay e Mano Brown.
No final do ano de 2001, Bocage afasta-se do grupo para desenvolver um novo projeto.
Em julho de 2002, o grupo consegue iniciar as gravações de seu novo vídeo clip e, em outubro do mesmo ano é estreado o novo vídeo clipe do grupo no Yo! Mtv Rap's, com música Cotidiano, que estará inclusa no álbum O Poderoso Chefão, o qual conterá participações de Sistema Negro, Código Fatal, Campo Minado, Função RHK, Daniel D'Alcantara e ainda produções de Mano Brown e KL Jay.
O álbum está finalizado e será lançado entre dezembro ou janeiro pela gravadora “100 Treta”.
“O Poderoso Chefão”,










Relise do cd

Rota de Colisão

O Poderoso Chefão

O álbum começou a ser gravado no final do ano de 2000 no Mister Som estúdio.
No início 10 faixas foram escolhidas para compor este álbum e as produções ficaram por conta dos próprios integrantes.
Durante esta primeira fase de gravação Tchuck entra em contato com Mano Brown e pede ao mesmo que produza uma faixa para o grupo. Mano Brown responde afirmativamente e pede que o grupo o espere terminar as produções do seu disco, deixando sua produção para ser uma das últimas.
DJ Kl Jay se responsabiliza também por duas produções, sendo estas três as últimas produções a serem feitas para o álbum.
Enquanto isso o grupo busca samplers e compõem letras para o álbum.
Após um ano no estúdio o grupo resolve incluir mais duas faixas ao álbum e começam a produzi-las em outro estúdio o XL estúdio, um estúdio caseiro de um amigo.
Mano Brown e DJ KL Jay terminam suas produções e as levam ao XL estúdio para que seja colocadas vozes.
A produção feita por Mano Brown levou o título de A família e narra uma história mafiosa de uma longa metragem adaptada a realidade brasileira.
As produções de DJ KL Jay foram compostas com os nomes Título da Matéria e Números e Nomes. A música “Título da Matéria” fala sobre a importância do dinheiro e suas conseqüências maléficas e benéficas.
A música “Números e Nomes” não foi incluída ao álbum, mas tratava da questão da fama das facilidades das conquistas por pessoas de renome na sociedade além da influência das pessoas de bóias condições financeiras.
O álbum estava concluído no segundo semestre de 2003, mas o grupo agora estava em parceria com a gravadora independente 100 Treta, novamente o grupo entra em estúdio para atualizar e refazer algumas músicas.
Agora no estúdio Gato discos, com a possibilidade de ter músicas tocadas e com músicos auxiliando na produção, o grupo resolve refazer 90% do disco.
A música título “O Poderoso Chefão”, foi produzida e composta por Sonny e fala sobre DEUS, o qual o grupo acredita ser o único e o verdadeiro Poderoso Chefão. Teclado e Baixo tocados por Daniel e back in vocals por Tobias e Fegato.
“Vai Vagabundo”, produzida e composta por Sonny com participação de Léo (Campo Minado) e baixo, guitarra e teclado por Daniel.
“Cotidiano”, música que fala dos problemas de violência que afetam a sociedade como um todo, composta e produzida por Tchuck com participação de Léo (Campo Minado).
“Na correria”, também composta e produzida por Tchuck, fala das dificuldades encontradas para alcançara nossos objetivos, mas nunca podemos desistir dele pelos obstáculos encontrados, participação de Laker’s (Código Fatal), baixo por Daniel.
“Espelho do Gueto”, composta e produzida por Russo, fala sobre a realidade da favela, seus problemas e as dificuldades encontradas por quem mora lá, participação de Edinho (Campo Minado) e Fegato, baixo e guitarra por Daniel.
“Segura Sistema”, composta e produzida por Russo, baixo por Daniel.
No Pião”, composta por Sonny, Russo e Tchuck, produzida por Sonny, fala sobre a região onde o grupo reside e alguns amigos inesquecíveis.
“To nem aí”, composta por Sonny, Tchuck e Russo, produzida por Sonny e Tchuck, fala das dificuldades passadas por cada um na trajetória do Rap, baixo, teclado e guitarra por Daniel.
Alerta Geral”, composta e produzida por Rota de Colisão e Sistema Negro, fala sobre a grande violência que atinge todo o Estado de São Paulo.
“CM”, composta por Sonny, Ramon, 147, Léo, Ciktriz e Ricardo, produzida por Léo, Ciktriz e Daniel, baixo, guitarra e teclado por Daniel.
O álbum contém também participação do trompetista Daniel D’Alcântara





Em outubro do 2006 fomos convidados pelo selo Liberation para realizar um dos projetos mais importantes da produtora em seus quase dez anos de existência: fazer um clip para os novaiorquinos do Madball, que para muitos é a maior banda de hardcore do planeta. Feitos os primeiros contatos, a perspectiva era bem interessante. Eles queriam, além de registrar o show no Hangar 110, conhecer um pouco da vida das pessoas mais carentes na periferia cidade. Graças à nossa amizade com o Rota de Colisão (grupo de rap para o qual já produzimos 2 clipes), propusemos gravar imagens na favela do Jd. Arpoador, zona oeste de São Paulo.



Playlists relacionadas

Contrate

LUIZ

(11) 3782 - 9972 | (11) 98918 - 3967http://www.rotacolisao.blogspot.com