Revolta Civil

EstiloHardcore
Cidade/EstadoRecife / PE
Plays3.730plays

Comunidade

OuvintesJoow Pereira e outros 15 ouvintes
Fã-clubeForro dos Kapas e outros 18 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de ÉlderÉlderVoz
Imagem de RaoneRaoneBateria
Imagem de LucianoLucianoGuitarra
Ver mais integrantes

Release

Formada em Julho de 2002 pela desintegração da banda Artigo 5º(2000 a 2002), tendo a entrada de Júlio(2ª guitarra) e Élder(vocal) tornado o som mais pesado e agressivo, além de uma significativa mudança de influências, sua proposta é fazer um som rápido e pesado, buscando influências desde a velha escola do Hardcore ao Thrash moderno. Com um amadurecimento rápido e notável, a banda lança sua 1ª demo intitulada "Ad Majorem Dei Gloriam"(Para Maior Glória de Deus) gravada em Janeiro de 2003 e lançada pela MC Records, tendo as cem primeiras cópias da mesma já distribuídas. Vocais extremos, riffs rápidos e pesados, músicas adrenadas e refrões marcantes, incrementados de muito peso e barulho, fazem parte do cardápio constante das 5 músicas presentes neste material.
Suas principais influências passam pelas vertentes do Old School, Crust e Grind do Hardcore, seguem pelo Crossover, e com notáveis influências de Thrash Metal, podendo ser citadas como exemplo as bandas; Ratos de Porão, Hatebreed, Sepultura, Extreme Noise Terror, DRI, Strife...
Mais que fazer som pesado e se divertir, o Revolta Civil objetiva em suas letras, questionar os problemas e os conceitos da sociedade, procurando fazer a população refletir sobre tal. Tratando freqüentemente esses assuntos de forma irônica e provocativa, mas buscando sempre demonstrar a seriedade de cada tema sugerido. E mesmo com a consciência de que pouca coisa pode mudar, a proposta da banda segue firme sua sina sem estar ligado a nenhuma facção política ou “ideológica”, seguindo apenas o sentimento individual de indignação e revolta de cada integrante.
Apesar de conter apenas uma demo, o Revolta Civil vem demonstrando grande impacto no cenário underground, tendo algumas de suas músicas participando de compilações nacionais, junto com bandas como Ratos de Porão, Mukeka di Rato, Ação Direta, Nitrominds, entre outras. Mais que compilações, a banda tem feito shows importantes, com grandes participações em festivais locais como em duas edições do NA BASE (Por duas edições), no PANOROCK IV, e fora do estado de Pernambuco, como por exemplo; Festival Zobaesba (Gravatá/PE), Caos Natal (Natal/RN), Loading (João Pessoa/PB), além de dividir os palcos com importantes bandas no cenário nacional e internacional como Ação Direta(SP), Ataque Periférico(RJ), Point Of No Return, Os Cachorros(PE), Sociedade Armada(SP), Gritando HC(SP), Hanagorik(PE), e a alemã Giftshop. É com honestidade, muita luta e força de vontade que a banda vem demonstrando estar conseguindo seu espaço, respeito e experiência em pouco tempo.

Playlists relacionadas

Contrate

Revolta Civil

(81) 3082 - 1125https://www.palcomp3.com.br/revoltacivil/