RONY AURÉLIO

Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays965plays

Música em destaque

05 A Loira Do Celta Cor De Rosa
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesRONY AURELIO e outros 4 ouvintes
Fã-clube e outros 0 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release


RONY AURÉLIO: A LUTA DE UM CANTOR


Um dos cantores que mais lutou para chegar ao Disco. Rony Aurélio sempre foi um obstinado pelo ideal de tornar-se um ídolo popular no Brasil e chega ao seu terceiro CD pela Gravadora Chanderly Records de título “A Maça de todas as manhãs”.


Rony sempre foi fiel ao seu estilo brega romântico e nunca ligou para modismos. Canta o cotidiano; em seus temas fala das traições , dos amores impossíveis e das paixões interrompidas. Na verdade, Rony é um especialista em “dor de cotovelo”, é um poeta de Motel, lembra muito Amado Batista e Odair José.


“Qualquer semelhança com Amado Batista e Odair José é mera coincidência...”


Cantor e compositor , paranaense de Paraiso do Norte, lutou 17 anos para chegar ao seu primeiro LP de vinil.Chegou ao Rio de Janeiro em 1976, sem dinheiro e sem conhecer ninguém, passou fome, dormiu na rua e chorou em porta de gravadora.Cantou nos programas do Chacrinha e Silvio Santos e por ser cantor era mandado embora de todos os empregos.


Rony trabalhava no Unibanco de madrugada, faltava ao serviço às sextas feiras para fazer os seus shows. Até que um dia foi demitido pelo gerente do Banco no palco de uma Churrascaria de um subúrbio carioca enquanto cantava o “Café da manhã” de Roberto Carlos. “... cheguei até errar na letra quando vi o gerente furioso no camarim...”


Rony nunca esqueceu-se daqueles que lutaram consigo nos tempos de Rio de Janeiro, de Vicente Telles (cantor compositor) e de Bival Farias (musico, produtor e maestro) que lhe aprimorou a voz. Sem esquecer de Marcus Pitter (cantor famoso dos anos 70), um ídolo da adolescência que acabou virando seu amigo pessoal.


Rony foi morador da Casa do Estudante Universitário (Rio de Janeiro) onde foi porteiro e ajudante de cozinha. E em meio a uma vida tumultuada acabou-se formando em Direito pela Universidade Gama Filho, tendoexercido a advocacia.


O artista fazia de tudo para aproximar-se dos diretores das Gravadoras, envolvendo-se em situações tragicômicas. De certa ocasião foi expulso da sala de um produtor evangélico quando apresentava uma música (sua) que falava de prostituição masculina. “... Eu não sabia que tratava-se de uma gravadora evangélica...”


“Passei por entregador de pizzas para ingressar na Gravadora Som livre...”


“...Na Gravadora Odeon passei-mepelo cantor Ronnie Von ao telefone e fui prontamente atendido pelo produtor. Pra poder entrar na gravadora Som Livre cheguei passar-me por entregar entregador de pizzas e na CBS (Sony Music) passei-me por um funcionáriode loja de eletrodomésticos. Quando em chegava em seus gabinetes tentava me explicar, as vezes dava certo...” (risos)


“...Fui fazer um show num circo mas esqueceram um leão dentro do meu camarim...”


O cantor, nos shows que fazia passava por situações hilariantes: de certa ocasião foi se apresentar num Circo, aguardava a sua chamada numa barraca improvisada de camarim, quando percebeu que lhe fazia companhia um enorme leão. “...É que esqueceram o animal dentro do meu camarim...” A jaula estava coberta por uma lona e o artista o percebeu tarde demais, passado o susto deu-se inicio ao Show.


Em 1985 com a ajuda do produtor Marcus Pitter participou do LP “Geração 85” (Brasil Tapes) gravando a romântica Momentos – Saia logo desse banho” agora regravada no CD “A maçã de todas as manhãs ” (2015).


Tendo persistência e uma fé inabalável em si mesmo, Rony continuou insistindo nos seus sonhos. Foi quando em 2000 grava o seu primeiro CD “A Moça da Recepção” com o sucesso de “Na hora do amor, eu morro, eu mato” de sua autoria.


Em 2012 Rony teve a felicidade de conhecer e tornar-se amigo de Juliano Teruki (o tecladista e produtor de Amado Batista) apresentado por Cristina Yuri e com o apoio de Oswaldo Mallaguti (ex Pholhas) do Estudio Mosh.


Dessa amizade nasceu a produção do novo CD de Rony Aurélio gravado nos Estúdios Mosh de São Paulo/SP. A musica “A maça de todas as manhãs” tem tudo pra ser sucesso e já está sendo divulgada para 8.000 emissoras de Rádio pelo Jornal Promocem (www.promocem.com.br) e já está sendo bem executada em vários Estados brasileiros.


Rony tem tudo para provocar a identificação popular qualidade essencial de todo bom vendedor de discos. Vale a pena conferir o novo CD do artista nas plataformas digitais e que traz as seguintes faixas:


Álbum: “A maça de todasas manhãs”


01.A MAÇÃ DE TODAS AS MANHÃS Rony Aurélio
02.CARLA POR QUE VOCÊ SE CALA ? Rony Aurélio
03.MINHA DEUSA MINHA VIDA Rony Aurélio
04.EU CHOREI NA RODOVIA Rony Aurélio
05.A LOIRA DO CELTA COR-DE-ROSARony Aurélio
06.A MOÇA DA RECEPÇÃO Rony Aurélio
07.MOMENTOS (Saia logo desse banho)Rony Aurélio
08.GOSTO DE MEL (GIVE-ME YOUR HEART TONIGHT)
Shakin’s Stevens – Versão: Rony Aurélio
09.NÃO IMPORTA O MOTEL QUE A GENTE VAI Rony Aurélio
10.RECAÍDAS (A mulher da minha vida)Rony Aurélio
11.EMANUELLE (Todo colorido o azul do céu) Rony Aurélio
12.QUANDO DA JANELA EU ME JOGAR Rony Aurélio


www.promocem.com.br




Playlists relacionadas

Contrate

Chanderly Produções

(11) 95934 - 8606www.promocem.com.br
Home