Sandro Coelho

EstiloSertanejo
Cidade/EstadoPorto Alegre / RS
Plays628.876plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver todos os álbuns
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesFabio Girardi Freitas e outros 387 ouvintes
Fã-clubeFabio Girardi Freitas e outros 123 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Lucas BernardoGaita
Sidinei MachadoTeclado
Leandro RodriguesBaixo
Ver mais integrantes

Release

SANDRO ALEXANDRE COELHO, esse foi o nome escolhido pelo seu João Bernardino Coelho e a dona Maria Aparecida Coelho para o filho dado à luz pelas mãos da bisavó em 16 de setembro de 1973 em Lages, Santa Catarina. Da família, junto com o carinho, veio o gosto pela música: aos 5 anos aprendeu a tocar a primeira melodia. E isso foi só o começo de uma carreira construída com muito trabalho, muita luta e muito amor. Agora, Sandro já é pai, e tem no filho, Diego, mais um grande motivo para seguir lutando pelo que ama. Ainda que solteiro, esse virginiano mantém-se romântico assumido. Fiel aos seus amigos, é com eles que divide os momentos de lazer: adepto de uma alimentação saudável, não abandona o tradicional churrasco e o chopinho de domingo, corre 10 Km por dia e joga futebol, seu esporte preferido.

O MÚSICO
A paixão era tanta que, aos 12 anos, travou uma discussão ferrenha com o pai, pedindo para largar os estudos e dedicar-se à música. A resistência foi muita, e, por fim, seu João cedeu, não sem antes avisar: “Você não vai à escola, mas quero te ver tocando e estudando música o dia inteiro, sem reclamação!”. E foi obedecido à risca. Em pouco tempo, Sandro Coelho, como ficou conhecido no meio musical, começou a ser convidado para integrar bandas e realizar apresentações pela região Sul. Aos 17 anos, foi chamado para Os Garotos de Ouro, grande banda do Rio Grande do Sul. Permaneceu com o grupo até os 21 anos, recebendo reconhecimento como um dos melhores guitarristas do meio tradicionalista. No ano 1995, em Porto Alegre, Sandro Coelho, juntamente com dois companheiros de Garotos de Ouro, formou o Tchê Garotos, grupo que até hoje é reconhecido como um dos pioneiros do estilo novo de tocar vanerão, com muita percussão e swing. No Tchê Garotos, Sandro acumulou conquistas e sucessos ao longo de quase 18 anos. Ao todo, são 15 CDs e 2 DVDs gravados, 1 biografia, mais de um milhão de discos vendidos, 5 discos de ouro e 1 DVD de ouro. Foi no ano de 2005 que Sandro se tornou o cantor principal do Tchê Garotos. Com a saída do então 1ª voz, Sandro foi incentivado por todos a assumir o vocal da banda, pois já cantava e emocionava os fãs com sua voz romântica e comercial. A partir daí, Tchê Garotos começou a ter destaque nacional e alçar novos voos, tornando-se a banda mais reconhecida e requisitada do Rio Grande do Sul. Em 2012, com exaustivas viagens e cansado da estrada, Sandro Coelho tomou uma difícil decisão: sair do Tchê Garotos e dedicar-se um pouco mais à sua vida pessoal. Mas, claro, amor de verdade nunca acaba, e Sandro continua até hoje sendo sócio, compondo e produzindo os discos do Tchê Garotos. E, mesmo saindo do vocal do grupo, Sandro não abandonou os palcos: a música, o contato direto com os fãs e a energia de estar com o público falaram mais alto. Decidiu, então, seguir carreira solo, tendo total controle de sua agenda, podendo assim aliar o prazer e a alegria dos palcos com o sossego e carinho de seu filho e sua família. O ano de 2014 começou com tudo na vida de Sandro Coelho. Com um repertório eclético, diferenciado e um show totalmente dançante, ele adotou um estilo novo de se apresentar. Suas músicas passaram a se misturar aos grandes sucessos das vozes de artistas nacionais num grande pot-pourri. Sandro se sente em casa quando sobe no palco e a energia dos shows é contagiante. Como ele mesmo diz: “Vamos nos divertir e tocar para os amigos e fãs!”. Assim, o reconhecimento e o carinho do público vieram muito rápido. No início do mês de junho, foi lançada sua primeira música de trabalho: "Planos". A música vem conquistando fãs a cada show e se tornando o hit do momento no sul do país. A carreira de Sandro Coelho é uma grande história de dedicação e sucesso, e ele considera que está apenas no começo. Com a mesma energia, o mesmo respeito e humildade de sempre, promete conquistar e emocionar cada vez mais o público.

O PRODUTOR
Da experiência com Os Garotos de Ouro, veio a curiosidade de Sandro Coelho pelos equipamentos de som e as primeiras oportunidades para manejá-los. Ao sair do grupo, trabalhou na produção do CD "To Voltando Pra Ficar", do Tchê Garotos. O resultado foi tão positivo que Sandro recebeu um convite da gravadora ACIT para integrar a equipe. A partir daí, viveu uma vida dupla: produtor da ACIT durante a semana e músico aos sábados e domingos. Da correria, veio a experiência, o amadurecimento e o reconhecimento profissional. Hoje, Sandro Coelho é considerado um dos melhores produtores musicais do Sul e, há cinco anos, tem seu próprio estúdio, o A1. Aliás, e lá que todos os discos do Tchê Garotos são gravados desde 2006.

O COMPOSITOR
O talento veio da intenção de fazer música boa. Sandro sempre foi muito preocupado com a qualidade do trabalho, buscou falar de amor de uma forma simples, pura, que toque o coração das pessoas. E é isso que considera o seu maior desafio. Para satisfação do compositor, todas as suas músicas estão na boca do povo. Atualmente, Sandro Coelho é o compositor número 1 em arrecadação de direitos autorais no Rio Grande do Sul, com mais de 150 músicas gravadas. Dentre elas, os maiores sucessos: “Cachorro Perigoso” (tema da novela Avenida Brasil, da Rede Globo), “Fazendo Coisa Boa” (tema da novela Salve Jorge, da Rede Globo), “O meu Amor me fez Feliz” (tema de Malhação, temporada de 2014), “Problema Meu” (regravada pelo grupo Exaltasamba) e sua música favorita, “Menininha”, a qual Sandro conta que compôs em 12 minutos, sentado na cama, com uma caneta e um caderno em cima do violão.

Playlists relacionadas

Home