SARABATANA

EstiloPop Rock
Cidade/EstadoSorocaba / SP
Plays10.278plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesJé Matielli e outros 28 ouvintes
Fã-clubeMilton Morelli e outros 46 fãs

Comentários

Filtrar Por:
MARIO MarcosVoz
EMER GuerraBaixo
MARCELO Cebola MoreiraBacking Vocal
Ver mais integrantes

Release

A Sarabatana é a própria persistência - vinda da extinta banda Almafagus, formada em 1999 por Almir Sampa, Fábio Prestes e Mario Marcos, mudou de nome em agosto de 2001, nascendo a SARABATANA com o objetivo de produção e divulgação de composições próprias.

No cenário daquele período, a maior parte das bandas trabalhava com covers e que por falta de espaço não seguiram adiante, uns desistiram e outros seguiram em linhas mercadológicas.
Nesse sentido a Sarabatana prosseguiu num movimento oposto, com repertório autoral, por mais que o espaço contianuasse escasso, como ainda o é.

Em 2006 a banda ganha seu primeiro festival num concurso de bandas no famigerado Black Sheep Bar, tocando músicas próprias e provocando com covers diferentes, ora Coração de Papel do Sérgio Reis, ora Quebra-Cabeça Sem Luz do Oswaldo Montenegro, tendo nos anos seguintes os seus maiores passos, sendo semifinalista do prêmio Sorocaba de música no TMTV com a música Conectando, recebendo convites para aberturas de shows com a Nação Zumbi, Cueio de Alice, Velhas Virgens, ganhando espaço e Sorocaba ganha uma agitação vinda dessa iniciativa.

Em 2009 em Itapetininga/SP a Sarabatana ganha mais um festival como melhor banda pop/rock trafegando novamente em sentido contrário, impondo-se com suas canções, ganhou o público e jurados, ressaltando que a mesa julgadora era formada por músicos e professores do conservatório de Tatuí.

Entre tantos anos, tantos músicos passaram pela banda ou participaram de alguma maneira, entre eles: Almir Sampa, Fábio Prestes, Sidney Almeida (Sidão ex SilverRocks), Rodriguinho Thai (Ex Menki), Diego Felipe (O batera), Roberto Benavides (O Urso), Clóvis dos Reis, Rodrigo Marrom, David Dias, Renato Mestre, Rodrigo Titonelli, as Vivianes (Jaber e a Ruiva), Brunão Poli, Maurício Migliorini, Migú, Chicó, entre outros.

Lançou seu primeiro EP em 2012, entitulado "Cê Não Viu", que traz na música que leva o mesmo nome, trecho autorizado da música Rodopio de Luiz Tatit; "Triz" de Lívia Gusmão, Laços, lenços e lençóis de Italia Bonadio e participação de Roberto Benavides.
Em 2014 lançou o segundo EP, "Os Fins Justificam Os Feios", que traz a letra de Tom Soares em Amortecido.

Playlists relacionadas

Contrate

Gusta Lacava

(15) 3221 - 6650 | (15) 99111 - 9278http://www.sarabatana.com.br
Home