Sarrafo MestiçoO Saara1.262 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 9

Contrate

Artes Madureira

(81) 3088-3367

O Saara

Éberson Ávila

O Saara baixou lá em casa
Até o pingüim da geladeira morreu
Sem querer eu fiz greve de fome
Se mudou pro SERASA o meu nome
Mas isso foi pouco pro que aconteceu

O sertão bateu na minha porta
E sem pedir licença cismou de entrar
De repente cortaram a luz, em seguida acabou-se o gás
Nem a água eu consegui salvar

Mas já diz o ditado "Quando errado tudo dá
O urubu de baixo o de cima há de cagar"
Então seu delegado escute o que aconteceu
O culpado de tudo não foi eu.

Quando o caminhão encostou pra levar o que era meu
De repente conformei na dor
Pois quem deve não tem vez
Mas teve uma coisa que eu pedi pra não levar
Minha coleção de discos do Xangai e Elomar
Mas o oficial sem coração me respondeu
Essa coleção você perdeu

Foi então aí que o pau cantou
De meio dia até as seis
E a polícia se mobilizou pra levar eu pro xadrez
Eu dei sarrafada, bordoada e coisa e tal
Apanhou na cara de soldado a general
Então sua excelência diga se eu não tenho razão
Até um oficial tem que ter um coração

Músicas mais acessadas

Fotos (7)

Release

Sarrafo Mestiço é um grupo pernambucano, criado em maio de 2009 e composto por Éberson Ávila (Guitarra, Violão e Voz), Paguah (Percussão), Vinicius Barros (Guitarra e Violão), Thúlio Nascimento (Percussão) e Marcos Lira (Contra-Baixo).

O Grupo combina algumas tradições da música popular brasileira, liquidificando ritmos, instrumentos e culturas diferentes, com letras todas autorais, girando em torno das experiências cotidianas. O som é regado à influência de distintas vertentes percussivas: afro cubano, popular, e candomblé e acrescida da sutileza e suavidade harmônica, o que culmina numa linguagem peculiar e com muita personalidade.

A internet é no momento, o principal meio de divulgações do seu primeiro disco ?Sarrafo Mestiço?, de produção independente, contendo as faixas "Algo Parecido", "Chorem", "No mundo dos Oligopólios" e "Você e eu".

O Sarrafo ...

Continuar lendo>>