Contrate

Anderson Bahia

(71) 8805-9120

Primavera de Metal

Ighor Facchinetti

No meu quintal um girassol de metal
É só uma parte do mundo inteiro.
O caule está cortado, se não estou errado
Por conta de um formigueiro.

E no varal o que parece normal
Não deixa ver o que está no canteiro.
Uma flor de sol se pondo
Pra não correr me escondo
Em um remédio certeiro.

Quem é que pode me condenar
Por meu coração não pensar?

No mesmo canal um espantalho estatal
É para os pássaros como um poleiro.
Um corte é remendado com a pele do passado
Pra economizar dinheiro.

E como é concursado prefere estar parado
Do que entrar no terreiro.
Mas, o que mata o prado, se não empena o arado
É não te-lo com paraceiro.

Se com ferro fere como escapar
De uma enferrujada colheita?

Músicas mais acessadas

Fotos (6)

Release

Fundada no final de 2006 por cinco jovens que, muito mais do que a simples coincidência de serem soteropolitanos, tem em comum carregarem consigo a paixão pela música e o sonho de propagar as suas composições por todo o mundo.

Com influencias que passeiam pelo lirismo do Chico Buarque, passando pela maestria sublime da Elis Regina e chegando ao rock poético e irreverente do Barão Vermelho, os rapazes da Sátirus vem agitando a galera por onde passam, seja em grandes eventos abertos ao publico como a Feira dos Caxixis em Nazaré das Farinhas-BA; a semana da cultura em Ipirá-BA "ficamos felizes pelo nosso trabalho não ficar limitado as capitais, é muito gratificante chegar no interior e ter um retorno igual ou até maior que em grandes centros urbanos…" Diz Anderson ...

Continuar lendo>>