Samuel Deolli e Davi

EstiloSertanejo
Cidade/EstadoGoiânia / GO
Plays309.082plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesInivaldo Soares e outros 683 ouvintes
Fã-clubeisabel cristina e outros 35 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Samuel DeolliVoz
DaviVoz

Release

Do sonho de vencer no exterior ao começo de uma trajetória que promete ser de muito sucesso na música sertaneja. Assim se desenha a história de Samuel Deolli & Davi. O mais velho e o caçula de três irmãos nascidos em Goiânia estão lançando enfim seu primeiro CD, marcando o início de um projeto de alto nível, que reúne ingredientes como talento, criatividade, qualidade e originalidade.

A história começa com o jovem Samuel, que desde a adolescência já nutria o sonho da música e desenvolvia a habilidade como cantor e compositor, sempre inspirado pelo seu maior ídolo, Zezé di Camargo. Chegou a formar dupla com um amigo na cidade de Jataí-GO. Mas a busca por uma vida melhor o fez seguir os passos da mãe, que havia partido para o exterior a fim de proporcionar mais conforto aos filhos.

Samuel foi o primeiro dos irmãos a se mudar com para Bruxelas, na Bélgica, cidade onde sua mãe já vivia e onde conseguiu proporcionar o conforto que sonhava para a família, que acabou ficando maior com a chegada do primeiro filho. O caçula Davi também se mudou para lá em busca dos mesmos sonhos. Os irmãos moraram em Bruxelas por quase 10 anos.

Mas, ainda que a vida tivesse melhorado com a ida para o exterior, o sonho da música ainda falava alto em seu coração. Sempre que podia, Samuel Deolli participava de festivais de música promovidos na cidade. Chegou a vencer, como intérprete, um grande festival promovido pelo Ministério da Cultura da Bélgica. Acabou se matriculando em uma das maiores faculdades de engenharia de áudio do mundo, a SAE, onde pôde se dedicar a mais uma de suas grandes paixões na música: a produção musical, sempre com o intuito de um dia produzir seu próprio disco. Nessa época, ele chegou a produzir e gravar um single, ainda como cantor solo, que contou com a participação da dupla Fred & Gustavo.

Mas foi com a composição que os olhos do mundo sertanejo começaram a se voltar para o Samuel. Ainda em Bruxelas, dedicou-se cada vez mais a compor e enviar suas composições a artistas brasileiros. Com o tempo, emplacou as primeiras músicas junto aos artistas do Brasil. Mas, devido ao oceano que literalmente o separava do universo da música sertaneja brasileira, as oportunidades nessa área ainda eram escassas.

Estimulado por amigos do Brasil que acreditavam e apostavam em seu talento, encarou o desafio de voltar a morar aqui e focar seu trabalho na composição. Trancou a faculdade e resolveu “fazer um teste” por cerca de um ano. O resultado não poderia ser melhor. Em pouco tempo, emplacou grandes hits na música sertaneja, como “Logo Eu”, com Jorge & Mateus, e “Jogado na Rua”, com Guilherme & Santiago.

Com o reconhecimento cada vez maior do trabalho como compositor, acabou trazendo a família de volta e fixando de vez residência por aqui. Também viu as portas começando a se abrir cada vez mais para o seu sonho de cantar. Mas ao invés de se arriscar na carreira solo, teve uma ideia até então inesperada, em mais uma das grandes semelhanças de sua carreira com a do ídolo Zezé: convidou o irmão Davi, que havia permanecido na Bélgica, para formar uma nova dupla. Detalhe: o único contato que o Davi tinha com a música era nas composições que vez ou outra escrevia com o irmão.

Mas a veia musical parece mesmo fazer parte de toda a família. Em pouco tempo, Davi descobriu o dom da segunda voz, que até então ele não sabia que tinha. Assim nascia a dupla, que passa impressão de já ter anos de carreira por conta do belo dueto, mesmo os irmãos nunca antes terem cantado juntos.

Enquanto produzia o primeiro disco da dupla, Samuel Deolli seguia emplacando, sozinho ou com parceiros, diversos sucessos como compositor. Neste período, vieram músicas como “Nocaute” (Jorge & Mateus), “10 Anos” (Gusttavo Lima), “Tão Feliz” (Marcos & Belutti), “3 horas da manhã” (Laís com Gusttavo Lima), “Face a Face” (Matheus & Kauan), “Me Leva Amor” (Bruninho & Davi), “Minha Fantasia” (João Neto & Frederico), “Pro inferno com essa paixão”, “Calma Amor”, “Batom Vermelho “(as três com Lucas Lucco), “Multidão” (Michel Teló), “Não me leve a mal” (Breno & Caio César com Michel Teló), “Ela não pode saber” (Munhoz & Mariano), “Nada se compara” (Banda Malta), "Meu segredo" (Thaeme e Thiago), "De outras vidas", "Só Falta dizer"(As duas com Maria Cecilia e Rodolfo), "Não sou capaz", 'Pra não lembrar mais de você", "Por um minuto a mais", "A beleza de uma flor"(As quatro com Carlos e Jader) e diversas outras.

E agora, consolidado como um dos maiores compositores da nova música sertaneja, Samuel Deolli e o irmão Davi enfim lançam o primeiro projeto, totalmente autoral. Samuel também assina toda a produção musical e os arranjos do disco, que contou com a participação de alguns dos maiores músicos do Brasil e foi mixado e masterizado pelo vencedor do Grammy Latino Alexandre Gaiotto.

O disco ainda traz uma série de novidades muito bacanas. Além da participação da dupla Jads & Jadson na música “Com dó de mim” e do cantor Gusttavo Lima na música “Maldito Buquê”, o disco contou com diversas parcerias de renome nas composições. Entre os artistas que também emprestaram seu talento nas letras, estão Munhoz (Munhoz & Mariano), Matheus & Kauan, Israel (Israel & Rodolfo), João Neto & Frederico, e diversos compositores consagrados da música sertaneja.

O novo disco já pode ser baixado gratuitamente nos maiores sites de música sertaneja do Brasil. Também está disponível nas melhores lojas digitais. Para conhecer um pouco mais da dupla, basta acessar o site oficial: www.samueldeolliedavi.com.br. Nas redes sociais, é só acessar facebook.com/samueldeolliedavi ou instagram.com/samueldeolliedavi. E nos perfis individuais, @samueldeolli e @davijonas_. (Release by Marcus Blognejo)

Playlists relacionadas

Home