Imagem de capa de Selvagens à Procura de Lei
EstiloRock
Cidade/EstadoFortaleza / CE
Plays504.090plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver todos os álbuns
Ver mais vídeos

Comunidade

Ouvintesluiz abranches e outros 846 ouvintes
Fã-clubeFarsouza19oi e outros 314 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Gabriel AragãoGabriel AragãoVoz, Piano, Guitarra
Imagem de Nicholas MagalhãesNicholas MagalhãesVoz, Bateria
Imagem de Caio EvangelistaCaio EvangelistaVoz, Baixo
Ver mais integrantes

Release

Gabriel Aragão (vocais e guitarra), Rafael Martins (vocais e guitarra), Caio Evangelista (baixo) e Nicholas Magalhães (vocais e bateria)fundaram a banda Selvagens à Procura de Lei em Fortaleza. Duranteuma década de estrada, o quarteto construiu uma sólida carreira emâmbito nacional e é hoje representante de uma geração que curtetanto indie rock quanto música brasileira. E que mantém os ouvidosabertos a novas sonoridades e a mente engajada aos discursos querealmente interessam.

Enquanto bebem nas fontes de artistas como Daft Punk, TameImpala, Gilberto Gil, Belchior, Fagner, Alceu Valença, Beatles e PinkFloyd, os meninos conversam com o Brasil de forma leve,despretensiosa e muito eficaz. Os números alcançados nasplataformas de streaming e nas redes sociais não mentem.

Seu último disco, Praieiro (2016), foi fruto de uma bem sucedidacampanha de crowdfunding. A tour Praieiro se encerrou em setembrode 2018 contabilizando mais de 200 shows por todo o Brasil, compassagens pela Argentina e Rússia. Em 2013 tiveram o segundodisco, Selvagens à Procura de Lei, lançado pela Universal Music, oque impulsionou a carreira da banda para o Brasil inteiro. Em 2011conquistavam o Ceará com o debut fonográfico Aprendendo a Mentir.

Em uma década de carreira os SAPDL colecionam feitos incríveis:levaram o necessário discurso político de volta ao rock nacional em2013 com o single “Brasileiro”, faixa que mostrou a banda a umpúblico maior. Figuraram na lista de melhores músicas de 2016 da Rolling Stone Brasil com o single “Tarde Livre” (fruto do disco Praieiro,gravado no Red Bull Studio). Em 2017 mostraram ao Brasil acomunidade cearense do Titanzinho (berço do surf cearense) com oclipe “Guetos Urbanos”. Em 2018 se apresentaram na Argentina, ondegravaram o clipe “Gostar Só Dela”. Também foram eleitos pelaRevista Exame uma das cinco bandas que estão mudando a música
brasileira.

E ainda em 2018, ano de Copa do Mundo, estiveram em Moscounuma ação do Brasil Music Exchange (BME) que levou apenas 12artistas para representar a música do Brasil na Rússia. Tambémvoltaram pela segunda vez ao palco do Lollapalooza Brasil 2018 (aestreia no festival foi em 2014). Fizeram um show especial comestimativa de público de 20 mil pessoas no festival Maloca Dragão,em Fortaleza, onde gravaram um registro em vídeo ao vivo e o lançaram em fevereiro de 2019 como: Selvagens à Procura de Lei AoVivo na Maloca Dragão.

No final deste ano, mais novidades. Em setembro, foi a primeirabanda cearense e uma das únicas bandas do Brasil a doar um item para a memorabília da Hard Rock Cafe. O objeto em questão é ocapacete escafandro ilustrado na capa do primeiro disco, Aprendendoa Mentir (2011, independente). No mesmo mês, lançaram o primeirosingle do quarto disco Paraíso Portátil: “Intuição”, com clipe gravadoem Quixadá, sertão cearense.

Em outubro, os SAPDL se apresentaram no maior festival do país: oRock in Rio. Dois dias antes, lançaram mais um single do ParaísoPortátil. “Sem Você Eu Não Presto” veio acompanhado de umvideoclipe dirigido por Carol Shimeji.

Em novembro lançaram o quarto disco, Paraíso Portátil, produzido por
Paul Ralphes. E seguem em turnê pelo Brasil.

#VaiSelvagens

Playlists relacionadas