SetorRAP

Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays590plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

Ouvintesnewstyle urban e outros 1 ouvintes
Fã-clube e outros 0 fãs

Comentários

Filtrar Por:
gabyVoz
Mateus Voz
Gabriel Violão 12 cordas, Teclado, DJ
Ver mais integrantes

Release

Setor R.A.P
R de Revolução, A de Ataque,P de Protesto na cena cultural da Zona Leste de Belo Horizonte
 
O Setor R.A.P é uma das promessas do rapmineiro em Belo Horizonte. A paixão pela música motivou os jovens da comunidadedo Taquaril, Zona Leste da cidade, que em 2013 começaram a trilhar seus primeiros passos. Buscou alcançar seussonhos e valorizar a comunidade onde vivem, o Setor R.A.P começou a rimar nasoficinas de rap do programa FicaVivo, ministradas pelo Rapper W2 - Atualmente as oficinas acontecem na Casa do Hip Hop no Taquaril, um projeto sociocultural que atua na regiãocom o objetivo de promover atividades culturais. O grupo acredita no potencialdo rap como uma força capaz detransformar vidas. As oficinas de Hip Hopque engajaram estes jovens contam com grandes nomes do rap em Belo Horizonte, como o grupoVozes da Periferia, conhecido como um dos precursores do movimento Hip Hop na cidade, o Vozes da Periferiaé uma das maiores referencias musicais da Zona Leste de Belo Horizonte.
O videoclipe da música RapNacional, gravado conosco do Setor R.A.P e o Vozes da Periferia, conta com maisde 10 mil visualizações no youtube. Videoclipedisponível em: https://www.youtube.com/watch?v=2uAtQz8-A5w
Atualmente, o Setor R.A.P é formado pelos músicos e rappers Mateus, Sandro, Gaby e Gabriel. Ogrupo está se tornando conhecido na cena cultural de BH pelo trabalho de sucesso que vem trilhando ao longo dosanos. Além de se apresentarem em eventos como a Semana do Hip Hop e a Virada Cultural em Belo Horizonte, o Setor R.A.P contacom EP inédito (Artigo 33 da Periferia) de 7 músicas exclusivas com a singleque se chama Rap Nacional.
Seguindo a tradição do rap nacional, o Setor R.A.P um dosprincipais trabalhos que o grupo vem desenvolvendo é a valorização dos jovens ede suas comunidades.  E também aborda emsuas músicas temas como drogas, violência, preconceito e exclusão social. Ogrupo já participou de diversos eventos e ações, tais como:
*Aniversário de 120 anos de Belo Horizonte/ CentroCultural Alto Vera Cruz_2017
*Seminário de Grafite/PUC Minas Unidade Praça daLiberdade_2017
* Centro Sócio Educativo Andradas_2017                                                                                                                                        
* BHz Periferia_2017
*Festival Internacional Do Dia da Música/ Pista de SkateBarreiro_2017
* Evento Manifesto/ PUC Minas Unidade São Gabriel _ 2017
* Mira/ Teatro Cine Brasil Vallourec_2017/ 2016
* Semana do Hip Hop/ Centro De Referência da Juventude_2016
*Virada Cultural de Belo Horizonte_2016
*Encontro Cultural Taquaril_ 2017 - 2016
* Festival de Cultura (Programa Escola Aberta) _2016                                                                                           
*Descontorno Cultura_2016/ 2015
*Semana da Educação UEMG/ Show no Alto Vera Cruz eFunarte_2015
*Evento Emergência/ Lapa-RJ _2015                                                                                                                                    
*CUFA-Dia da favela / Praça Sete_2015
*Mutirão de Grafite - Sete Lagoas_2014                                                                                                                                                                 
*Fica Vivo na Rua_ 2014                                                                                                                                                                                              
*Bh3 A festa _ 2014
 
Redessociais:
Palco MP3: SETORRAP (https://www.palcomp3.com/setorrap/)
Soundcloud: SETORR.A.P BH (https://soundcloud.com/user-828448369)
Facebook:Setor R.A.P BH (https://www.facebook.com/xXSetorRAPXx/)
Youtube: Setor R.A.P Oficial (https://www.youtube.com/user/toco06100)
 
Contato:
E-mail: setorrapbh@gmail.com
Telefone: Gabriel Setor R.A.P (31) 98208-7894


Escrito por:
Alessandra Nardini
Jornalista, mestrandaem Estudos Culturais e pesquisadora do movimento Hip Hop na Zona Leste de BeloHorizonte

Playlists relacionadas

Home