Sopa de Sapo

EstiloMPB
Cidade/EstadoRio Grande da Serra / SP
Plays3.275plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesNajara Leander e outros 3 ouvintes
Fã-clubeForro dos Kapas e outros 7 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Maurício AlvesViolão
João GuilhermeViolão
Marvin LopesVoz

Release

O "Sopa de Sapo" é um projeto musical envolvendo músicos jovens e comprometidos em fazer música, sem rotular ou estereotipar o que faz. Todas as composições foram feitas de forma casual, com sinceridade e liberdade. Flertamos com o Rock, MPB mas não nos prendemos à nenhum gênero musical.




left





































O "Meu Jardim" é um EP que traz algumas faixas do primeiro trabalho da banda, o "Jardim de Cimento". Aqui encontra-se fragmentos de nossas vidas enquanto jovens imersos no caos da nossa época.


Faixas

Meu Jardim: essa música fala sobre a paixão em sua forma mais pura, que é quando não se sabe como ficar longe da pessoa amada. Os arranjos são doces e melódicos, o que vai de acordo com o tema proposto.

Diversão do Velho: relata uma história de violência doméstica que resulta na morte da mãe do interlocutor. Seria uma música triste... mas não é. O ritmo é dançante e frenético, além de um ar de deboche na forma de cantar.

Pai: outra visão da mesma história. Passaram alguns anos, e nota-se um ar de saudade na voz do interlocutor. A música conta com um belo arranjo, e um refrão muito marcante.

Aquele Lugar: é algo sobre passar em um lugar que te lembra um grande amor. Quem nunca passou por isso? Um belo arranjo faz desta música uma das mais bem trabalhadas da banda.

Grazi: a música mais densa do disco. Grazi é como um soco no estômago da sociedade que abandona jovens na rua. Um arranjo raivoso acompanha a história de uma garota de programa de 13 anos viciada em crack, até que finalmente encontra seu fim no dia que tem uma overdose. Violento e desesperador.

Perfeita Flor: um passeio em um lindo jardim logo ao amanhecer. O EP termina com o que o personagem da primeira faixa mais gostaria de fazer. Perfeita Flor encerra o ciclo de contrastes desse primeiro trabalho. Um arranjo doce e um refrão contagiante tornam a música uma forma de amansar o espírito de quem experimentou um disco intenso, e cheio de emoções contraditórias.

Playlists relacionadas

Home