Sorriso de Monalisa

EstiloRock
Cidade/EstadoPinheiro Machado / RS
Plays1.174plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesIlton Ornelas e outros 13 ouvintes
Fã-clubeDelvan Rodrigues e outros 18 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Ilton OrnelasGuitarra
DelvanBaixo
Danilo GargamelBateria

Release

Cronologia Monalíptica inicial:

1987 - 10 de outubro, show dos Paralamas do Sucesso, fonte de inspiração para formar-se, em Pinheiro Machado, a banda Sorriso de Monalisa.
1987- Delvan, Márcio Souza (o Louco), Gargamel (Danilo), comporam a primeira formação da banda. Gôdo (Maurício)e Juquinha(o filho do seu Juca) também participaram da banda nesse período.
1987- 1ª aparição na T.V.(Mateada RBS)
1987- 89- Garga ensaiava com uma batera improvisada com latas, panelas e outros materiais percussivos alternativos.
1989 - Poronguinho fica um tempo na banda
1990 - Garga compra uma batera de verdade (uma Aerosom)
1990 - A banda faz um show inesquecível no Teatro com direito a quebra-quebra de mesas. A empolgação da galera era tanta que Márcio Souza chegou a se pendurar nas cortinas. O Prefeito estava abismado.
1990 - A banda toca em um lugar chamado Porão(sem baixo).
1991 - Petê entra na banda, Delvan sai da banda e quem assume o baixo é Topera (Vinícios).
1991- A banda toca em um lual na casa do Petê
1992- Delvan retoma seu lugar na banda e Petê sai e monta uma banda de deth metal, a Antichrist.
1992- A banda toca no Bar Zeca.
1993- Julho. A banda faz uma pausa e Marcio , junto com Bokão e Robledo formam uma banda.(O esboço da banda Dream)
1994- A banda se reúne para fazer um show que acabou não acontecendo com Petê, Delvan, Souza e Poronguinho.
1995- A sede da banda agora era em Pelotas, Rua D. Pedro II ,981.
1995- Delvan se deslocava de Pinheiro City para ensaiar com Petê , Souza e Robledo.
1995- Dezembro, a banda faz um show no Bar da Cigana, em Pinheiro Machado, com a participação de Gôdo fazendo os vocais.
1996- Delvan deixa a banda e quem assume é Bokão(o Boca de Pantera).
1996- A banda faz um show na Boate da Odonto

Outras apresentações:

Em Pelotas:
No Betty Bear, no Laj'naral, no saguão da Universidade Católica, em festas particulares, em festivais tais como: 1º Woodscata; 6º Noise Rock.

Fora de Pelotas a banda também subiu em vários palcos:
1º Circuito de Rock de Candiota; No Teatro Municipal de Pinheiro Machado, No Festival 1º Aldeia Luz em Pinheiro City, No Clube Comercial da terra natal da banda, em comícios do Partido dos Trabalhadores, no Skol Rock 97, com direito a premiação de 3º lugar para a música "O Rato Sujo" na etapa sulista, premiação esta que rendeu ótimas críticas de Marcelo Ferla (Zero Hora), uma entrevista na MTV e a consagração definitiva das hilárias participações de Andrezinho Isoporista e seu isopor "dos pequenos".

A banda tocou ao lado da banda Maria do Relento (Conhece o Mário?) nos comícios da eleição que elegeria Olívio Dutra governador do nosso estado, em 1998.
Ainda fizeram 2 shows inesquecíveis em Pinheiro Machado, um no bar Titão, e outro na AABB, na Turnê Atlântida, por volta do ano 2000, onde os apresentadores da rádio foram corridos pela galera que gritava enlouquecida: "Sorriso, Sorriso..."

Tocavam sons de autoria própria e covers de bandas já consagradas do rock nacional e internacional tais como Mutantes, TNT, Ney Lisboa, Jimi Hendrix, Doors, Grundfunk, Stevie Ray Vaughan, Ramones, Barão Vermelho, Legião Urbana, Cascaveletes, entre muitos outros.

Vale a pena ressaltar que uma cópia do material da banda foi enviado à NASA e colocado em órbita para que civilizações distantes também tenham acesso à obra.

Monalípticas Saudações Rockeiras.
Sorriso de Monalisa

Playlists relacionadas

Contrate

Home