Stereologica

Cidade/EstadoRio de Janeiro / RJ
Plays374plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesMariana Bahia e outros 1 ouvintes
Fã-clubeMariana Bahia e outros 13 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Mari B.Voz, Programações, Guitarra
Roberto MouraVoz, Programações, Guitarra

Release

Em uma época em que as informações são trocadas em tempo real mesmo nos extremos dos hemisférios, não há sentido em abraçar uma vertente musical com a desculpa de que não há nada de novo a ser feito. Portanto, guitarras com distorções e efeitos exagerados, programações eletrônicas, vocais masculinos e femininos: São essas as combinações que melhor definem o som da Stereologica, muito melhor que uma nomenclatura de rock-hype do momento.

Sob o comando do “frontcouple” Mari B. e Roberto Moura - que dividem vocais, guitarras e programações, além da produção e composição das músicas do EP - a Stereologica trouxe em seu EP de 2009, cinco faixas que tentam mostrar a variedade de influências e facetas que a banda pode ter, passando do punk ao progressivo, ao eletrônico, à música brasileira, ao indie, mas sem soar como nada disso. Pois a intenção desse duo é fazer um som contemporâneo, em uma época e um ambiente que não abre muito espaço para antagonismos musicais entre estilos que podem estar tão próximos.

A dupla mostra auto-suficiência nas faixas do EP onde são apenas acompanhados pelas programações e pelo ex-membro Hugo Noguchi no baixo, mas quando se sente a necessidade de uma bateria mais dinâmica e pesada a banda conta com o acompanhamento do experiente Rodrigo Martinho, onde pode-se ouvir o flerte com o rock alternativo e o progressivo da faixa de abertura “Insula” e na mais punk e direta de todas, “Você e Eu”.

Após passar tanto por palcos importantes do Rio e Niterói, cidade-sede da banda (como Teatro Odisséia, Cinematheque, Cine Lapa, Convés, Melt, etc) quanto pelos típicos perrengues de início de carreira (como ser banda de abertura para uma equipe de funk carioca em Quissamã/RJ), além de obter destaque em diversos veículos de comunicação tanto online quanto virtuais (como JB Online, Globo Online, Breakthru Radio em NY, Rede Blitz em São Paulo, Jornal do Brasil, O Globo, Megazine, Revista Programa), mesmo antes de qualquer lançamento oficial, a Stereologica chega ao seu terceiro ano de existência com experiências no mínimo atípicas para uma banda independente tão nova. Incluindo mais recente delas, uma turnê pelo Chile passando por Viña del Mar e Santiago, onde gravou seu segundo videoclipe com o diretor chileno Iván Krug - que leva no currículo clipes de Claudio Narea (ex-Los Prisioneros), Fiskales ad Hoc, entre outros.

Em 2010, a Stereologica focou seu trabalho na circulação em festivais e por outros estados, já tendo passado pelo festival integrado Grito Rock, em Porto Alegre e Santa Maria/RS, no festival Canja, em Bauru/SP, e na edição carioca do Festival Fora do Eixo, no Circo Voador.

A banda participa ativamente no cenário independente atual tendo participado do projeto do SEBRAE Rede Rio Música (através do qual participou de rodadas de negócios pelo Brasil todo, em cidades como Goiânia e Recife), e de coletivos de artistas independentes niteroienses/cariocas.

Os planos para 2012 são a gravação e divulgação de novas faixas, o lançamento de um material totalmente novo exclusivo para internet e a volta aos palcos.

Playlists relacionadas

Contrate

Stereologica

(21) 9855 - 0338 | (22) 8843 - 0601http://www.stereologica.com
Home