Imagem de capa de Thiago K
Thiago K

Thiago K

EstiloMPB
Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays9.440plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver todos os álbuns
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesJOAQUIM Macena e outros 874 ouvintes
JOAQUIM MacenaJOAQUIM MacenaJOAQUIM MacenaJOAQUIM MacenaJOAQUIM Macena
Fã-clubeGuga Pine e outros 6 fãs
Guga PineGuga PineGuga PineGuga PineGuga Pine

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

O cantor, compositor, violonista paulistano Thiago K começou a cantar ainda pequeno influenciado por seu pai, Sergio K. Augusto.

Thiago K em 2005, ingressou como estudante do curso de “Violão - MPB - Jazz” no “Conservatório Dramático e Musical Carlos de Campos” de Tatuí, interior de São Paulo, onde se manteve até o ano de 2007, quando começou a cursar a faculdade de jornalismo na Universidade São Judas Tadeu, em São Paulo, onde se formou no ano de 2010.

Thiago K trabalhou no com trilha para teatro no grupo “Teatro do Altruísmo”, no qual fez parte de 2003 a 2008 assinando a trilha sonora e direção musical das produções. Destaque para o espetáculo “Terreiro de Anjos” que foi premiado com o primeiro lugar na categoria Melhor Espetáculo do Festival Augusto Boal em 2004. Em seus shows, Thiago já contou com a participação de nomes como: Maria Gadú, Kléber Albuquerque e Renato Braz. Este último também participa cantando e tocando na gravação da música “Motor”, de Thiago K e Sandro Dornelles, que vem se destacando nos festivais de música por onde tem sido apresentada. Exemplo disso foi o primeiro lugar conquistado no 37° Festival MPB de Ilha Solteira, em 2011.

Os festivais são importantíssimos na trajetória de Thiago, que já ganhou inúmeras premiações. Entre elas os primeiros lugares da Fampop (Avaré/SP), FUC (Ponta Grossa/PR), Festival da Canção de Andradas/MG, Festival da Canção de Balneário Camboriú/SC, FEM (São José do Rio Preto/SP) entre outros. O ano de 2014 marca um novo passo na carreira de Thiago, pois, esteve em sua primeira turnê europeia com apresentações em casas e festivais na Irlanda, Inglaterra, França, Itália, Suíça e Espanha.

Além disso, através de uma campanha de “crowdfunding” (financiamento coletivo) realizada pelo portal “Benfeitoria”, o músico conseguiu fomento para a produção do seu primeiro disco chamado “Em meio a tantas possibilidades de morte, me peguei pensando na vida”, que conta com a produção de Vinicius Castro, participações especiais de Renato Braz e Patrícia Bastos, lançado em julho de 2015. O disco foi eleito um dos 100 melhores discos da música brasileira em 2015, pelo site Embrulhador, e “Empoeirado”, de Thiago K e Sandro Dornelles, uma das 5 canções mais bonitas de 2015, pelo site Armazém de Cultura.

Também em 2015 realizou, em parceria com os cantautores Paulo Monarco, Demetrius Lulo e Raul Misturada, o projeto coletivo “1111” que se apresentou no histórico palco da Sala Guiomar Novaes, na FUNARTE , emSão Paulo. Em 2017, ao lado de Conrado Pera(GO) e François Muleka(SC), passou a integrar a banda “Regra de Três”, projeto coletivo e autoral que já passou por cidades como São Paulo, Florianópolis, Blumenau, Joinville, Porto Belo e Alto Paraíso de Goiás.
Realizou a direção musical e integrou o elenco do espetáculo teatra l“Desterro”, da Cia Sinhá Zózima, realizado no Sesc Consolação, em maio de 2018. No segundo semestre de 2019 lança seu segundo álbum,“Quando o grito
enfim chegar”, somente de parcerias com Gregory Haertel, este também um trabalho literário, tendo sua versão em livro no conjunto.

Playlists relacionadas