Tony Segundo

EstiloPop Rock
Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays2.476plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesNailton Santos e outros 8 ouvintes
Fã-clubeNailton Santos e outros 3 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

#Cancioneiro: a vida contada em forma de poesia popular

Após anos atuando como guitarrista, vocalista e principal compositor da banda Tempestiva, o cantor e compositor baiano Tony Segundo debuta seu projeto solo, onde trazà luz composições novas e também um outro lado do seu espectro musical.
Baseado numa miscelânea de estilos, indo do rock ao baião, passando pelo pop e MPB, as músicas são apresentadas em diversos formatos como duo de guitarra, voz e violão e também mais completo, com banda.
O EP batizado de #Cancioneiro traz 5 músicas todas gravadas em versão acústica: Cada ação uma reação, Ponto cego, Hoje somos nós, Aquelas malditas vozes e Por inteiro. O artista optou por registrar as músicas de forma simples, porém genuína, tal como nasce a canção após seu processo de composição.

A gravação contém canções sobre temas atuais e que retratam a vida cotidiana falando sobre força e determinação, mas também sobre fragilidade e insegurança, sobre as dicotomias próprias da alma humana. Tudo isso expressado a partir de uma linguagem clara e objetiva, melodias cativantes e vocais ora suaves, ora intensos sempre cheios de muita emoção.

Sob produção da Garagem do Jazz, o show de lançamento oficial do EP aconteceu em 09 de março de 2019, no Espaço N.27, em Brasília-DF e contou com diversas participações especiais que tornaram essa consagração ainda mais singular: Andressa Amaral, Andressa Munizo (Binários), Gaby LaJolie (Tempestiva) e Yuri Brandani (Pleno). Especialmente para esse lançamento, Tony Segundo dispôs do talento de músicos conceituados da cidade: Thiago Wesley (guitarra), Danilo Cremonez (baixo) e Thiago Chaves (bateria).

Tony Segundo é um artista inquieto, perspicaz, que busca sempre sair do seu lugar-comum, a todo momento se reinventando e inovando seu modo de se expressar. Tanto que se autointitula “cancioneiro” definindo, assim, um novo conceito para o termo: aquele que canta a vida, dando voz poética a sentimentos corriqueiros, comuns e habituais, com empatia com cada alma humana.

Playlists relacionadas

Home