Tolerância zero

EstiloRock
Cidade/EstadoIndaiatuba / SP
Plays14.161plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesEliane Gomes e outros 7 ouvintes
Fã-clubeAliciia Guerra e outros 10 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Na ativa desde 1997, a banda de rock pesado Tolerância Zero tem acumulado feitos notáveis para um grupo surgido no underground do interior de São Paulo. Sem apoio da grande mídia , mas com uma base sólida de fãs que acompanham as performances ?viscerais? pelos palcos do país. Produzindo uma musica suja, o Tzero (abreviação pela qual o grupo é conhecido por muitos de seus fãs), apresenta um trabalho sem concessões, uma opção real ao público que curte som pesado no Brasil. Moderno, cantado em português, com uma produção acima da média e letras fortes, o grupo, que completa 10 anos de estrada, apesar de ainda não ser um sucesso de vendas, adquiriu o respeito de nomes consagrados no meio musical do Brasil, Chorão (Charlie Brown Jr.) e Andréas Kisser (Sepultura) são alguns dos admiradores destes caipiras malucos.

Aqui estão, em ordem cronológica, as principais conquistas do Tolerância Zero em seus 10 anos de carreira, provando que a banda, e também a cena independente do interior paulista, merecem incontestavelmente atenção, embora ambos ainda sigam ignorados pela grande mídia musical do país.

- Em 1998, ainda quando a banda não tinha nenhum contrato com gravadora, e contava apenas com uma única demo tape de 3 músicas para divulgar seu trabalho, o grupo chamou a atenção do produtor Carlo Bartolini (ex Ultraje a Rigor e responsável pela produção de álbuns de Paralamas do Sucesso, Charlie Brown Jr, Ira e Sepultura). Bartolini se torna um dos principais colaboradores do grupo e juntos começam a gravar sua segunda demo tape, desta vez com uma produção bem mais apurada.

- Ainda no ano de 1998, o Tzero é convidado por Andréas Kisser (guitarrista do Sepultura) para participar o show / evento ? Barulho contra fome?. Realizado no estacionamento do Anhembi em São Paulo, esta foi a primeira apresentação do Sepultura com o então novo vocalista Derrick Green no Brasil. O Tolerância Zero foi a primeira banda a se apresentar, abrindo o evento que contou ainda com a participação das bandas Pavilhão 9 e Squaws.

- No ano de 1999, o grupo segue em uma mini- turnê pelo interior do estado de São Paulo, se apresentando ao lado de bandas já consagradas como Ratos de Porão, a americana Fugazi e o ex ? Planet Hemp, Black Alien. Neste mesmo ano começam, junto ao produtor Carlo Bartolini, a gravação de seu primeiro disco. Participam ainda do programa da MTV, Gordo Pop Show, apresentado por João Gordo.

- Em março de 2000, já contratados pela gravadora carioca Indie Records (responsável pelo lançamento de grupos como Ls Jack e artistas pop com Vinny ) o Tolerância Zero lança seu primeiro cd, com o titulo de ? Ninguém Presta?. Produzido por Bartolini e mixado nos Estúdios Mega , no Rio de Janeiro, o álbum contou com as participações especiais de Andréas Kisser e João Gordo ( na faixa ?Porcuntroço?) dos rappers Ro$$i e Doze, do Pavilhão 9 , maguerbes e da banda Rumbora .

- Pouco antes do lançamento do disco, a faixa titulo ? Ninguém Presta? foi incluída no cd promocional da revista Trip de Janeiro de 2000. Este cd contou também com musicas inéditas de Ratos de Porão, Korzus e Cólera, todos selecionados por Andréas Kisser que comentou faixa a faixa dentro da revista. Com uma tiragem de 50.000 exemplares, este cd ajudou muito a divulgar o Tzero nacionalmente, sendo que ?Ninguém presta? é até hoje a música mais conhecida da banda .
- Após o lançamento do álbum o grupo caiu na estrada para sua primeira turnê, que passou por todo estado de São Paulo e também de Minas Gerais. O grupo ainda realizou uma apresentação ao vivo nos estúdios da radio Brasil 2000.

- Ainda em 2000, o Tolerância Zero grava seus primeiros vídeo clipes para as faixas ?Ninguém presta? e ?Magnata?. Ambos são dirigidos por um dos maiores talentos do cinema nacional moderno, o diretor Beto Brant, responsável pela realização dos filmes ?Ação entre amigos? e ? Os matadores?. O clipe de ?Ninguém presta? é vinculado com regularidade no programa Alto Falante da TV Cultura e também na MTV brasileira, nesta ultima porém o vídeo é tirado subitamente da programação já que algumas das pessoas responsáveis consideraram a letra da música ?machista?, o que prova que nem todo mundo consegue entender de fato os temas que o Tzero expõe em seus textos..

- No final de 2001, após vários shows, a banda recebe o convite de Beto Brant, com quem vincularam grande amizade, para participar da trilha sonora de seu novo longa metragem, então em fase de produção.

- Em 2002 é lançado o longa metragem ?O invasor? do diretor Beto Brant. O filme é um marco do cinema nacional e conta com um elenco estelar que inclui o titã Paulo Miklos, os atores Marco Ricca, Alexandre Borges, Malu Mader e Mariana Ximenes. Sucesso de critica e público, o Tzero tem duas músicas ( ?Ninguém presta? e ?Azar? ) incluídas na trilha sonora do filme, trilha essa que também inclui nomes como Sabotage, Pavilhão 9, Instituto e o próprio Paulo Miklos.

- ?O invasor? é premiado em vários festivais de cinema dentro e fora do Brasil. O longa é eleito o melhor filme latino ? americano no Festival de Sundance 2002, é recebe 6 prêmios no Festival de Brasília de 2001, entre eles o de melhor trilha sonora. O cd do filme é lançado ainda em 2002 pela gravadora YBrasil, com produção executiva do Instituto.

- Ainda em 2002 o Tolerância Zero cai na estrada para promover o cd de ?O invasor?. A turnê ?A invasão? juntou no palco o falecido rapper Sabotage, os brothers do Pavilhão 9 e o Tzero, naquela que muitos consideram a primeira turnê do país a unir dois públicos até então distintos, o do rap/hip hop nacional e do rock pesado. Em maio deste mesmo ano a banda participa do extinto programa Musikaos, da TV Cultura ao lado do grupo Rodox.

- Na edição de novembro de 2002 da Revista MTV, o Tolerância Zero e destaque na matéria que aponta o futuro da música no Brasil. A banda é citada pelo produtor Bartolini e por músicos de grupos como Titãs e Paralamas como uma das maiores promessas do som pesado no Brasil.

- No ano de 2003, após o termino da ?Invasão?, o Tzero lança o single ?Azar?, que inclui três faixas do álbum de estréia do grupo e mais duas versões demo. Para promover este single a banda sai em sua turnê própria intitulada de ?Quem é normal ? Tour?.

- O inicio da turnê ?Quem é normal ?? não poderia ter sido melhor. Em março de 2003, o grupo é novamente convidado pelo Sepultura para realizar a abertura de uma memorável apresentação desta no Olímpia, famosa casa de shows da capital paulista. O show do Tzero recebe ótimas criticas e possibilita que turnê da banda passe por grande parte do território nacional, do estados de São Paulo á Goiás, de Minas Gerais ao Paraná.

- Em 2004 a banda é convidada pela Monstro Discos para participar de um dos maiores festivais independentes do Brasil, o Goiânia Noise Fest, realizado na cidade de Goiânia, como uma das atrações principais.

- O ultimo show da turnê ?Quem é normal ?? acontece em 2005, na cidade de Campinas, interior de São Paulo, pela Vans Tour. O Show é patrocinado pela famosa marca de tênis Vans, e o Tzero se apresenta ao lado das bandas Garage Fuzz e Street Bulgdogs, em um show intenso, considerado pela própria banda como um dos melhores de sua carreira.

- Após o termino dos shows, ainda em 2005, o Tolerância Zero inicia o processo de composição de seu aguardado próximo álbum, o sucessor do cultuado ?Ninguém Presta?. O disco tem o titulo provisório de ?Diversão Garantida no país da sacanagem?.

- O ano de 2006 começa bem para o Tzero. A banda é novamente convidada para participar de uma produção de porte do cinema nacional. Ao convidarem o vocalista Chorão do Charlie Brown Jr para uma participação especial no novo disco, o mesmo retribui e no mesmo ato convida a banda para uma participação especial em seu primeiro longa metragem ? O Magnata?.

- Mais uma vez o Tolerância Zero cruza seu caminho musical com o cinema. No entanto, desta vez a banda não apenas faria parte da trilha sonora do filme, gravando junto a Chorão a musica ?Elvis Brown?, como também daria o ar de sua graça numa das cenas mais bizarras do longa.

- Na cena em questão o Tolerância Zero aparece tocando em um bordel, caracterizados como a ?Freak Band? do personagem Elvis Brown, interpretado por Tiririca, numa mistura de sons, estilos e imagens (a banda esta caracterizada ) no mínimo curiosa.

- ? O Magnata? entrou em cartaz em Novembro de 2007, em diversas salas de todo o Brasil, e tem direção de Jonnhy Araujo, conhecido nacionalmente como o diretor mais premiado do VMB da MTV Brasil.

- Em 2010 o Tzero é convidado a participar da trilha sonora do filme nacional \" As melhores coisas do mundo\",com a música \"Lado Bom\".O filme é dirigido por Laís Bodanzky e com roteiro de Luiz Bolognesi, produzido pela Warner Bros.

Que venham as turnês, que venha o barulho, que venha a cara feia de quem não quer encarar o pesadelo da realidade. Tolerância Zero é vaso ruim e imune a mediocridade.




Playlists relacionadas

Contrate

Home