Uniclãs

Cidade/EstadoPorto Belo / SC
Plays686.822plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesCezinha e outros 3.189 ouvintes
Fã-clubeRobson Francisco e outros 251 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Nando KruscinsckiVoz
André GomesGuitarra
Cezinha SilvaBaixo
Ver mais integrantes

Release

A chegada dos anos 2000 trouxe consigo a virada para o século 21 e a entrada de um novo milênio. Na esteira dessa passagem de época, ameaças de um bug do milênio e promessas de mudanças no campo comportamental e de revoluções sociais. No litoral catarinense, alguns jovens músicos iniciavam suacarreira e alimentavam o desejo de montar uma banda em que pudessem expressar seus anseios musicais e de um mundo mais consciente do ponto de vista humanista.
A Uniclãs surgiu pautada em uma fusão surpreendente de diversos ritmos como o reggae, o rock e a MPB. Estas vertentes musicais sustentavam as canções compostas pelo vocalista da banda, Nando Kruscinscki, caracterizadas por uma poesia impactante e com mensagens voltadas à necessidade de uma tomada de consciência do ser humano sobre a importância da vida, com toques de espiritualidade e misticismo marcantes, além de críticas sociais contundentes.
O lançamento de um EP trouxe instantaneamente um reconhecimento
considerável para a banda e um público fiel se formou rapidamente. As
músicas mostraram um poder de comunicação direta com as pessoas e
passaram a integrar a história das suas vidas. Daí para a gravação do primeiro disco foi um processo natural. “Viagens no Exílio”, produzido por Juracy de Almeida e gravado no estúdio Schemma 336, de Luiz Schiavon (fundador do RPM), foi lançado em 2003. O álbum contou com a participação de Oswaldinho do Acordeon, que participou também do
show de lançamento, juntamente com Renato Borghetti. O disco causou boa repercussão, levando a banda para além do já alcançado sucesso regional. A partir daí a Uniclãs fez shows em diversas cidades catarinenses, no Rio Grande do Sul e em São Paulo, onde lançou o disco no Centro Cultural São Paulo (CCSP), na Estação Vergueiro. Em show no Teatro
Ademir Rosa, na capital catarinense, a banda contou com participação de
Paulo Miklos, dos Titãs.
Em 2008, a Uniclãs lançou seu segundo disco, “Animus”, que a consolidou ainda mais na cena da música autoral catarinense. Nele, a banda se apresenta mais madura musicalmente e reforça a sua identidade baseada em canções com forte apelo poético e recheadas de profundas reflexões sobre a existência humana.
Agora, a Uniclãs prepara o lançamento do seu terceiro disco, que pode ser considerado um dos passos mais importantes na trajetória da banda. Gravado no Órbita Music, no Rio de Janeiro, o álbum tem produção assinada pelo renomado Carlos Trilha. Tecladista, Trilha realizou turnês com a Legião Urbana e com a cantora Marisa Monte, além de participar de shows com a banda Catedral e Los Sebosos Postizos, projeto paralelo de parte dos integrantes da Nação Zumbi. Como produtor, foi responsável pelos quatro discos solos de Renato Russo e produziu trabalhos de Jerry Adriani, Lobão, Tijuquera e Dazaranha, entre outros.
Nessa nova fase, a banda busca trazer novos elementos para o seu som, com a intenção de dar à sua música uma roupagem contemporânea. Sem perder,no entanto, a essência das singularidades que dão à Uniclãs uma identidade muito própria e marcante. A banda é formada por Nando Kruscinscki (voz), André de Miranda (violão, guitarra e voz), Cezinha Silva (contrabaixo), Carlinhos Ribeiro (percussão), Luciano Dunga (bateria), Fernando Filhote (guitarra) e Lova Santos (teclado).

Playlists relacionadas

Home