VALDIR BARROS

EstiloSertanejo
Cidade/EstadoCampinas / SP
Plays7.961plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesLeão Prosa e outros 4 ouvintes
Fã-clubeLeão Prosa e outros 32 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Ola amigos
Sou VALDIR BARROS, Compositor de músicas sertanejas de todos os estilos ...
Espero que gostem do meu trabalho ..

***Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.***


Atenção!! Duplas sertanejas e Cantores Românticos do Brasil que estão procurando por musicas inéditas, entrem em contato pelo meu e-mail e vocês encontrarão a musica certa para completar seu trabalho, tenho canções nos estilo de forró, xote, balanço sertanejo, musicas românticas,rastapé, boleros e muita mais... Vale a pena conferir!!! SEU SUCESSO ESTÁ AQUI!!!
Olá, gostaria de informar meus CONTATOS as pessoas que tem demonstrado interesse em conhecer meu trabalho como compositor:


E-MAIL>> compositorvaldir@gmail.com
SITE >> http://valdirbarros.palcomp3.com.br
FONE >> [19] 3032 0392 – CAMPINAS - SP


CONFIRA ALGUMAS COMPOSIÇÕES



1º FORA DE MIM.

Já internei meus sentimentos,
eles estão em recuperação,de um acidente de amor
que bateu forte no meu coração.
Já vasculhei meus pensamentos,
para saber se são fortes ou não, se conseguem arrancar do peito
o que as pessoas chamam solidão.
Não quero ter você de novo,
não quero mais sentir seu cheiro,
você não vai me conquistar usando esses seus pretextos.
Eu não vou mais ficar sizinho,
não vou mais voltar pra você,
não vou molhar o meu sorriso, o mundo da voltas tente entender.
REFRÃO

Eu vou me curar de tudo que se chama solidão
arrancar do peito sua imagem sua obsessão.

Eu vou me curar graças a DEUS achei a solução
encontrei a pessoa certa que vai dar alta pro meu coração.
*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.


2º UMA VEZ

Uma vez vou te amar,
uma vez vou me entregar,
uma vez vou confiar está escrito em meu olhar.
Uma vez me apaixonei,
duas vezes me machuquei;
três vezes eu nem tentei corresponder alguns olhares.
Uma lagrima caiu,
de um sentimento infantil que alguém me prometeu,jurou e já me esqueceu.
Uma vez,
um nº tão incomum que eu sempre acreditei,
são fatos que trazem lembranças de tudo que passei,
uma saudade muito estranha, de uma noite encantadora, de dois corpos
que se amavam até o amanhecer.

REFRÃO

Só uma vez vou te amar
só uma vez vou me entregar
digo sim se me conquistar
digo não se me machucar

Digo sim se me conquistar
digo não se me machucar
só uma vez vou te amar
só uma vez vou me entregar.

*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.

3º ESSE RODEIO TEM DONO.

Sonhei comigo nessa madrugada,
senti no peito uma vontade clara de rodeio.
Paixão que fere vai curar feridas,
de um som que toca notas proibidas
virei o jogo dos meus desenganos.

Bota invocada fivela no sinto,
calça rasgada hoje eu to no estilo do rodeio;
carro que ronca turbinei o bicho,no radio toca uma canção de amigos,
monto em boi sem fazer sacrifício.

REFRÃO

Hoje eu vou ganhar um beijo, da rainha do rodeio
eu vou vencer.O boi é bravo eu já sei por isso mesmo me arrisquei
pague pra ver.
Hoje eu vou ganhar um beijo da rainha do rodeio eu vou vencer,
monto em boi ,domo cavalos,da platéia quero aplausos pra valer.

*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.





4º LUZ,CÂMERA E AÇÃO.

Pego na guitarra pra fazer uma graça,
ta cheio de mulherada olhando pra mim,
meus olhos se distraem a procura da caça
em cima do palco só gritando assim:
__ Canta comigo galera gostosa e bonita de ver,
vai no refrão e vamos fazer a terra tremer.

REFRÃO

Luz,som,câmera e ação,a galera em agito
explode o meu coração.

Luz,som,câmera e ação,a galera em agito
explode o meu coração.

Elas estão em baixo,olhando pra mim,
eu pareço um artista isso não é ruim,
tem loira e morena,mulheres saradas,gritando bem alto e batendo na palma da mão.
*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.




5º NOITE TÃO MISTERIOSA.

Noite tão misteriosa,
chegou o dia esperado,
nasceu o sol do oriente,por um vento fui despertado.
Oh paixão mais atrevida,
nasceu a minha flor do campo,
com palavras tão suaves,me rendi aos seus encantos.

Sons e luzes coloridas,enfeitando a cidade,locutor diga pra ela que a amo de verdade,
saudade bateu no peito, não aceito solidão,rosas que brotam no campo florem no meu
coração.
Da sua boca quero um beijo,
do seu olhar quero um sorriso,a sua pele tem o cheiro que incendeia um paraíso.

REFRÃO

Só você me faz notar,
que nasci pra te amar,intenso e forte é seu amor
seu raio de sol já curou minha dor.

Só você me faz notar,
que nasci pra te amar,são palavras por querer dedicadas
pra você meu grande amor.


*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.





6º PELE ARDENTE.

Sua pele ainda arde em mim,
seu suor ainda escorre em mim,eu ainda sinto as suas mãos.
O meigo e doce toque desse olhar,
que um dia só me fez acreditar,que eu jamais a perderia,
um beijo envolvente de paixão,
palavras de amor no coração,sentimentos que mudou a minha vida
é você meu grande amor,é você meu grande amor.

REFRÃO

Pele e alma misturada com prazer,
sentimentos que só eu pude viver,com você meu amor com você.

Pele e alma misturada com paixão,
sua brasa,corpo alma e sedução,é você meu grande amor.

Meu coração recusa acreditar,
que você não quer mais me tocar,também não quer sentir as minhas mãos.
A minha pele é fria sem você,meu corpo chega estremecer
porque você insiste em dizer não,porque você insiste em dizer não.
*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.



7º MESA DE UM BAR.

Voz de veludo e um sorriso encantador,
lábios que sangram o mais profundo coração,
olhar que fere antes mesmo de querer,mesa de um bar eu e você.

Olhos azuis,cabelos negros enrolados,
uma cerveja,um copo e a cinza de cigarro,
um nervosismo aparente no falar,eu e você na mesa de um bar.

será loucura,um sonho ou realidade
faz uns minutos que eu te conheci aqui,mas te olhando assim parece tanto tempo,
me da um beijo e vem comigo ser feliz.


REFRÃO

Fique do meu lado,esqueça o passado
me abrace apertado isso não acaba aqui.
Não me diz que é loucura,que não é possível,
que só sentou comigo pra esquecer de um grande amor...

Você já me conquistou...



*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.







8º ACREDITANDO EM SONHOS.

Tudo que agente planta o chão dá,
cai à chuva molha a terra e faz germinar,
aquela semente tão pequena,passo a passo tempo a tempo a recompensa virá.
Uma história de suor,choros e lagrimas,
acreditando que a canção nunca vai se acabar,
determinar que o seu caminho é de vitória,e ver DEUS agir e ver DEUS mostrar.

Tudo que agente planta o chão dá,
a poeira que levanta não vai te atrapalhar,
seus pequenos sonhos vão brotar,se você acreditar com heroísmo vencerá.
Uma historia de suor,choros e lagrimas,
acreditando que a canção nunca vai se acabar,
é tão nobre batalhar contra o fracasso,passo a passo sem reclamar.


REFRÃO

É assim que somos,um povo lutando pela vida,
pela família,pelo amor e pela paz.

Os seus pequenos sonhos,pedem pra você
não desistir jamais,siga em frente passo firme
e colherás,a terra é boa e você vai se fartar.

somos assim...

*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.






9º SAUDADE DA ROÇA.


Sempre me recordo com felicidades,
do tempo da infância e da mocidade,
um sertão que eu conheci de passagem,porque na verdade eu nasci na cidade.

Sempre viajando com minha família,
o trem da cidade pra roça partia,
cortando paisagens rumo a Andradina,um interior que eu desconhecia.

Eu era criança quando a visitei,mas hoje confesso que me admirei,
esse trem parava em uma estação,meus parentes vinham estender as mãos,
tios,tias e primos,avôs e famílias,seus olhos brilhavam sempre que nos viam,
abraço apertado e frases na metade,isso respondia a tal felicidade.

Estradas compridas vermelhas de terras,sujavam sapatos e as roupas também,
vendo aquele verde imenso estampado arvoredo e frutos imaginem bem.
Que saudade eu do tempo da roça,quantos algodões ajudei ralear,nadar em açudes,cortando pomares,andando em cavalos pra pastorear.

REFRÃO


Mas há muitos anos vivo na cidade,
só conheço o luxo que ela nos traz,
não se vê cavalos,não existem gados,só carro de marca luxo e
muito mais.
A simplicidade daquele sertão,ficou para traz pois lá eu não voltei
pois trabalho muito e vivo buscando,o luxo que a felicidade não traz.


*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.






10º MULHER OU FUTEBOL.


Meus amigos me chamaram pra jogar um futebol,
era no bairro vizinho,no campo do Roberval,
ai começar as cinco,sem horas pra terminar,depois uma churrascada,
cerveja e mulherada ,e muita lenha pra queimar.

Depois que tocou no radio,
musicas de pescaria,farra a noite inteirinha,é melhor não vacilar,
minha mulher é uma fera não quero encrenca com ela,pode ser que ela
me pegue,me quebre sete costelas bem na hora de deitar.

REFRÃO

Já foi o tempo de jogar sem confusão,
hoje é só ouvir no radio,ou ver na televisão.

Se quer encrenca tem que ser bem decidido,
ter postura de marido e falar com voz de machão.



Mas hoje eu to nervoso,
hoje eu to um valentão,
vou meter pinga no peito e arrebentar o portão,
vou passar por cima dela do sogro e do seu irmão,vou meter-lhe a mão na lata,
mulher não quero pirraça hoje eu vou bater um bolão.

*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.



11º QUEM ENTENDE OS MISTÉRIOS.


se desertos percorri,foi porque acreditei,
se montanhas eu subi,pouco a pouco eu me esforcei,
se a mão de DEUS agiu,foi porque eu confiei,
se agora eu venci,semeei,plantei,reguei.

No braço de uma viola,meus ponteios fez historia,
no braço de um violão,eu conquistei a multidão,
uma canção eu entoava,quando era madrugada,
uma flor eu vi nascer,quando eu cantava sem querer.

Quem entende os mistérios mais profundos,ganha a causa sem chorar,
quem conhece os horizontes mais distantes,não se perde em qualquer lugar,
na viola eu sou ébrio e romântico,faço tudo pra vocês notar,sou um homem
sou galã de Hollywood,nos meus sonhos isso eu inventei...

Neste palco sou artista dos seus sonhos,sei que DEUS vai me abençoar,
o começo já tem meio e tem fim,quero viver pra poder cantar.

Se desertos percorri...

*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.



12º NOSSO AMOR É ASSIM.


De repente suas palavras,seduziam meus ouvidos.
De repente o seu olhar,sugavam minhas forças.
De repente sua beleza,rasgou meu coração,de repente eu mergulhei em você na contra mão.

Fábulas e trovas,rosas tão perfeitas,
vidas opostas nossa historia segue lenta,nossa amor é assim...


REFRÃO

Pra que chorar,pra que sofrer,
se o vento que sopra me leva a você.

Pra que deixar de ser feliz,
DEUS traça o destino foi ele quem quis.

Nosso amor é assim...

*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.


13º EXPLOSÃO DE AMOR


Uma explosão de amor chegou,
um fogo já me consumiu,um novo dia já raiou.
Meu coração partido em mil,
dos olhos lagrimas caíram,e você nem me disse adeus.

Saudade fere o meu ser,
cristal quebrado sem querer,desculpas não adiantaram,
mas hoje eu quero seu perdão,lágrimas não rolaram em vão,
eu não aceito te perder.
Pode ser...
Que o tempo, insista em nos ensinar
que a saudade e a distancia,nuca vão nos separar.

REFRÃO

Beijos molhados e gestos calados,procuram por nós dois
o arrepio na pele é o que mais me fere,quando eu penso em você.

Frutos proibidos,gestos atrevidos,explodem nosso amor,
palavras tão quentes,que conquistam a gente e cala nossa voz.

Eu sei que você vai me procurar
eu sei que você vai voltar pra mim...

*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.



14º NO REPIQUE DA VIOLA.

Trabalho de sol a sol,me esforço noite e dia,
minha vida é um livro, um livro de ousadia;
No repique da viola,vai aqui a minha rima,nascer,crescer e morrer,faz partes de nossas vidas.

Vidro tem forma no fogo,borracha da seringueira,
madeira sai das florestas,e lã de muitas ovelhas;
No repique da viola,vai aqui a minha rima,DEUS fez a terra repleta de muita matéria-prima.

Um dia se está em baixo,no outro se está em cima,
há caminhos de tristezas,há caminhos de alegrias;
No repique da viola,vai aqui a minha rima,um anjo caiu do céu,por causa das mãos divinas.

Quem anda sempre alcança,pra quem bate a porta abre,
é dando que se recebe,plantando é que se colhe;
No repique da viola,vai aqui a minha rima,nunca se vence uma guerra lutando de mãos vazias.

Há muitos que vão pra frente,há muitos que vão pra traz,
alguns que ficam parados,não querem progredir mais;
No repique da viola vai aqui a minha rima ,eu termino esse pagode,com fé e muita alegria.


*Todas musicas de Valdir Barros são protegidas por direitos autorais.
Associação ABRAMUS.



Playlists relacionadas

Contrate

Home