VCB

EstiloCountry
Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays67.616plays

Comunidade

Ouvintes e outros 452 ouvintes
Fã-clubeNepom Ridna Compositor e Cantor e outros 19 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Cau MarquesCau MarquesVoz
Imagem de Deborah MoreiraDeborah MoreiraVoz
Imagem de Carlos AnhaiaCarlos AnhaiaGuitarra
Ver mais integrantes

Release


Depois de quase oito anos tocando Country Music em várias bandas e vários locais surge uma oportunidade única na vida do guitarrista Carlinhos Anhaia, formar uma banda com todo o apoio e profissionalismo que ele sempre esperou.

A VCB foi formada em março de 2002 por Carlinhos com o incomparável apoio de Marco Antonio Tobal, um dos maiores empresários do show bussines brasileiro desde os anos 80 e também grande admirador de música Country e Sertaneja.

Os dois depois de várias reuniões, várias mesmo, resolveram que a VILLA COUNTRY merecia uma banda a sua altura, afinal de contas estava sendo montada a maior casa temática da América Latina.

Os critérios para a escolha dos músicos foram rigorosos, não apenas musicalmente falando, mas em todos os sentidos. As pessoas que iriam integrar a banda teriam que ser do meio, Country ou Sertanejo, ter uma postura condizente com a casa, não poderiam estar tocando em outras bandas, pois seria anti-ético desfalcar bandas em atividade e em primeiro lugar tinham que ter disposição para encarar a maratona de ensaios que estariam por vir.

Os primeiros recrutados foram Deo Rinaldi e Flavio Sanches, antigos companheiros de Carlinhos dos tempos da banda FARGOS. Depois vieram Bira Santos e Rony com vasta experiência na música Sertaneja, tendo tocado em várias casas, acompanhando artistas e fazendo gravações.

Precisavam então de um violinista e o primeiro nome a surgir foi J.R. Cantinelli, um dos músicos mais requisitados do meio Country paulista, mas que ainda não havia encontrado uma banda fixa, sempre trabalhando como free-lancer.

Para a percussão foi chamado Bedeu Caione que foi integrante e companheiro de Carlinhos na Banda Rádio Café.

Pronto, a parte instrumental estava completa, fFaltavam os vocalistas, mais uma missão impossível a ser cumprida. Os critérios foram ainda mais rígidos. O nome de Cau Marques surgiu através da indicação de um amigo em comum e logo nos primeiros ensaios ele demonstrou ter conhecimento, carisma e qualidade para encarar o desafio. Sempre pronto para "o que der e vier", ele é um dos grandes incentivadores para que a VILLA COUNTRY BAND atinja sempre objetivos maiores.

Precisavam então de uma cantora e após várias audições a vocalista Deborah Moreira, que também havia integrado a primeira formação da Banda Rádio Café, foi a escolhida. Depois do primeiro verso da primeira música cantada por ela, os músicos olharam uns para os outros certos de que haviam encontrado a pessoa ideal para a vaga. Estava formada a VCB. Começaria então a maratona de ensaios, e o repertório inicial, criteriosamente escolhido foi de mais ou menos 80 músicas entre Country e Sertanejo.

Depois de dois anos e muitas apresentações a VCB sofre sua primeira alteração em sua formação com a entrada da tecladista Thais Andrade, que trouxe energia e um novo brilho para a banda.

Três anos de sucesso absoluto se passaram com mais de 700 apresentações, tanto no Villa Country quanto em festas para as maiores empresas do país, lançando na noite country brasileira alguns dos maiores `hits´ mundiais do estilo, além de tocar os clássicos que o público tanto gosta.

A VCB continua cada vez mais firme e determinada, levando com competência, humildade e, principalmente, muito trabalho e dedicação sua carreira.

Playlists relacionadas

Contrate