Walmir Lucena

EstiloMPB
Cidade/EstadoRio de Janeiro / RJ
Plays707plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesTania Avellar e outros 1 ouvintes
Fã-clubeBonde Sem Freio e outros 5 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Walmir Lucena.
Um Talento na música popular Brasileira.
Cantor,compositor, músico, poeta e escritor, já participou de vários bandas: Os Instantâneos, Filhos do Sol, Robert Show, M.C. Show, Las Vegas 7, Feira do Lixo entre outras, onde atuava como baterista e crooner. Esses três últimos ao lado do grande saudoso guitarrista Renato Moura, irmão do respeitado e saudoso Jornalista Roberto Moura, crítico de MPB.
Walmir Lucena foi nascido e criado no Morro do São Carlos, ao lado do cantor e compositor Luis Melodia, com quem fez dupla de nome Os Reais, participou do programa a Festa do Bolinha, comandado pelo saudoso Jair de Taumaturgo, na antiga TV Rio, participou de vários festivais de músicas:
1º Festival do Iork Esporte Clube de Bonsucesso, onde ficou em 1º lugar, o que lhe valeu uma apresentação na Discoteca do Chacrinha, como convidado especial na extinta TV Excelsior.
1º Festival de Cruzada São Sebastião em que ficou com o terceiro lugar.
3º Festival de Favelas, onde ficou com o quarto lugar e conheceu Adelzon Alves, que o levou para fazer o primeiro disco na gravadora Odeon. Participou do ENACOS - Encontro Nacional do Compositor de samba, ficando em quarto lugar com a música de sua autoria (Quem não cantou), um grande sucesso, participou do sexto ENACOS, com a música (Quem plantou colheu), de sua autoria e Jorge Lauriano, ficou em 3º lugar, gravação de Flávio Miranda, irmão do saudoso Roberto Ribeiro.
Participou do festival de carnaval da extinta TV Manchete com a música de sua autoria (Olha eu aí), em abril de 1989, seu empresário André Avelino, o convocou para uma série de shows em Belém do Pará. Entres eles inaugurou a boate do Paissandu Futebol Clube e fez uma participação especial no show do maior cantor do Brasil, Gauby Peixoto, para mais de 1.500 pessoas no Pará Clube, só retornando ao Rio 4 meses depois, interrompendo uma temporada na Boate do Paissandu, em virtude do nascimento de seu filho.
Artistas que gravaram suas:
Zezé Mota; música (Pelos palcos da vida) que foi clipe para um programa do Fantástico, autores: Walmir Lucena, Jorge Laureano e Juninho Ferreira.
Jurema; música (Queima) autor Walmir Lucena, produção Adelzon Alves.
Flávio Miranda; música (Quem plantou colheu) autores Walmir Lucena e Jorge Laureano.
Mauro Luciano; música (Teu beijo) autor Walmir Lucena.
Walmir Lucena gravou primeiro CD independente em homenagem ao local que nasceu, intitulado, "São Carlos", contra capa e texto de Adelzon Alves. Gravou o 2º CD intitulado, "Um elo", produção Walmir Lucena e Alberto Costa. Atualmente está em estúdio gravando o 3º CD, intitulado "O requinte".
Teve shows produzidos por Erminio Cabral, foi dirigido e produzido no Teatro do Grajaú Tênis Clube por Eduardo Tornaghi, com iluminação de Bebeto Tornaghi. Criou o grupo Agenda que o acompanhou durante muito tempo, desse grupo fizeram parte: O grande guitarrista internacional Romero Lubambo, o pianista, arranjador e carnavalesco Ilvamar Magalhães, o flautista e hoje astrólogo renomado Pedro Tornaghi.
Na década de 90 Walmir Lucena retorna a Belém do Pará e canta em uma das boates mais badaladas daquele momento, "African Bar". Em 1999 convidado por Adelzon Alves, fez um grande show no "Asa Branca" da Lapa/RJ. Em 26 de setembro de 2002, foi a grande consolidação de sua carreira, pois, se apresentou no "Teatro Municipal de Niterói" com o show," Cantar vale a pena". Dirigiu uma banda de percussão com 20 alunos, "Banda Nossa Arte", Ciep 259 onde foi lotado como animador cultural em Maricá, banda essa que fez parte do Show do "Teatro Municipal de Niterói". Walmir Lucena já escreveu 15 livros, de vários gêneros, quase todos registrados no C.N.D.A - Conselho Nacional do Direito Autoral e Biblioteca Nacional do Rio De Janeiro.
Apresentou-se várias vezes no programa Atitude.com na TV Educativa, hoje TV Brasil. Teve um quadro intitulado Velejando pelos Bastidores da Vida, ideia de Walmir Lucena e Alberto Costa, quadro do programa Serginho Total no canal 36, TV á cabo pela NET, onde entrevistou Reis e Plebeus da Noite, entre eles: Hebert Vianna, 26/06/2004 em São Pedro da Aldeia - Paralamas do Sucesso, Jorginho do Império, Athaufo Alves Jr., Tony Garrido, Neguinho de Beija-Flor, Adele Fátima, Elymar Santos, Monarco, Veronica Domar, Neuza Amaral e entre outros.
Fez alguns takes para Rede TV, entrevistando Almir Guineto, Carlinhos Pandeiro de Ouro, Jorge Laureano e muitos outros. Todas essas matérias podem ser vizualizadas no YouTube.
Walmir Lucena acaba de concretizar a realização de um livro ACRÓSTICOS, nome de mulheres de A a Z, codinome dicionário do amor, livro inédito no mundo literário, pois, podemos encontrar ACRÓSTICOS em alguns livros de poesias, mas um livro eminentemente desse gênero só de Walmir Lucena, razão pela qual é inédito no mundo e provavelmente entrará no Guinness Book.
Fez um programa na rádio Sideral, intitulado, Sideral em Samba, aos sábados, resgatando cantores e sambistas da antiga, o samba de raíz, escreveu algumas peças de teatro, entre elas: Um monólogo rimado para uma atriz, intitulado: Estão olhando na minha janela, durante 2 anos teve uma coluna de Música Popular Brasileira, no Jornal mais tradicional e antigo de Itaipuaçu, Jornal Atlântico.

Playlists relacionadas

Home