Rafael Willuveit

EstiloErudito
Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays10.329plays

Comunidade

OuvintesAdbu Hassan e outros 106 ouvintes
Fã-clube e outros 7 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

Rafael Willuveit começou a estudar música aos 16 anos, suas primeiras influências foram Malmsteen, Symphony X, Dream Theater.

Aos 18 anos surgiu um repentino interesse pela música erudita e este interesse virou paixão a partir do momento que começou a estudar o estilo e se identificar cada vez mais com compositores como Liszt, Chopin, Bártok, Schoenberg.

Tornou-se grande apreciador de músicas étnicas, apreciando cada vez mais a cultura cigana espanhola, japonesa, árabe...

Rafael também é autor de uma monografia sobre as aplicações matemática/física/filosofica na música, dando enfoque as músicas fractal, estocástica e estocástica markoviana.

Rafael tem quatro nomes como ídolos musicais:
Iannis Xenakis, Arnold Schoenberg, Franz Liszt e Demetrio Stratos.


"Desde que o homem existe teve música. Mas também os animais, os átomos e as estrelas fazem música." (STOCKHAUSEN)

"As artes são o mais seguro meio de se esconder do mundo e são também o meio mais seguro de se unir a ele." (LISZT)

"Meu objectivo foi sempre liberar o som e abrir amplamente à música todo o universo dos sons." (VARÈSE)

"A minha ideia pessoal, de que tenho plena conciência desde que sou compositor, é a fraternização de todos os povos, não obstante todas as guerras e querelas. Tento, conforme as capacidades mo permitem, servir esta ideia na minha música; é por isso que não me fecho a qualquer influência, venha ela de fonte eslovaca, romena, árabe ou outra qualquer." (BARTOK)


Playlists relacionadas

Contrate