Witchcraftt

Cidade/EstadoPorto Alegre / RS
Plays695plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comentários

Filtrar Por:
Sérgio AsparVoz
Lucas HaasGuitarra
Marcelo TarragóBaixo

Release

Witchcraftt



Tudo começou em Janeiro de 2002 quando Sergio Aspar e seu amigo de infância Lucas decidiram formar uma banda de Heavy Metal. A banda foi nomeada Trassh e para formação inicial foram chamamos os amigos Felipe Alves e Ariel para tocarem respectivamente baixo e bateria. Desde o principio Sergio assumiu duas funções, a de vocalista (apesar de não saber cantar) e a de guitarrista, que era partilhada por Lucas. No inicio tocavam apenas covers de bandas que gostavam apesar de que desde o princípio tinham vontade de criar o seu próprio material, esta etapa estendeu-se por quase um ano até que seus integrantes sentissem-se maduros o suficiente para compor suas próprias musicas. Foi nessa época que a banda participou de um festival no colégio onde seus integrantes estudavam, o “Bio in Concert”, cujo, prêmio era uma pontuação extra nas matérias de Biologia e Química, e como boa parte dos adolescentes de hoje em dia a rapaziada a precisava muito daqueles pontos para ser aprovados. Devido ao fato do baterista Ariel não estudar no colégio onde se realizaria o festival este não pode tocar, então Daniel Noal, colega de aula dos demais integrantes da banda, teve de assumir as baquetas. A música tocada foi uma versão para “Fade to Black”, do Metallica, com letras em português que foram escritas conforme as necessidades temáticas abordadas pelo concurso. Após um único ensaio, antes da apresentação, percebeu-se que este ensaio foi o bastante para ter a certeza de que Daniel era o baterista certo para banda: tinha talento e tocava muito bem. Assim além de terem ganhado o premio do festival ganharam também um novo baterista.

Em março de 2003 começam os trabalhos de composição das musicas próprias, sendo que este trabalho teve como influências bandas como Metallica e System of a Down. Neste período o nome da banda muda para Witchcraftt, nome que surgiu de forma misteriosa, tão misteriosa que nem seus integrantes sabem de onde o mesmo veio. Logo no inicio daquele ano, Felipe teve de sair da banda devido a desavenças com os demais integrantes do grupo. No seu lugar entrou Marcelo Tarragó.

Após quase três anos de ensaios e algumas apresentações, a banda entra em estúdio para gravar seu primeiro demo. Para gravar este material a Witchcraftt escolheu o Cavernamix, renomado estúdio de Porto Alegre/RS – Brasil, a produção ficou a cargo de Michael Polchowicz, ex-vocalista da banda Heavy Metal “Hangar” (Die Hard Records), as mixagens e masterização ficaram por conta de Marcelo Castilhos, que dentre outros trabalhos já atuou com as bandas: Cascaveletes, TNT (banda gaúcha), Nando Reis, Hangar, Paul Di Anno (ex-vocalista do Iron Maiden),...

Para este primeiro registro sonoro foram escolhidas as músicas: Straight Through, Broken Down Again e Legions of the Anger, onde se pode perceber claramente a proposta da banda: criar música agressiva, porém, acessível, simultaneamente pesada e melodiosa, o que é fica evidente em riffs pesados e em letras que abordam temas que vão desde conflitos intrínsecos nos seres humanos, como a depressão e a agressividade, até problemas sociais. Além da qualidade sonora do demo outro grande destaque deste material é a qualidade gráfica do mesmo, onde além das letras de todas as músicas podem ser vistas belas fotografias, perfeitamente inseridas na proposta da banda.

Playlists relacionadas

Contrate

Witchcraftt

(51) 9682 - 1194https://www.palcomp3.com.br/witchcraftt/
Home