ZAKTAR

ZAKTAR

EstiloReggae
Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays183.037plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesLuiz Castro Pereira e outros 326 ouvintes
Luiz Castro PereiraLuiz Castro PereiraLuiz Castro PereiraLuiz Castro PereiraLuiz Castro Pereira
Fã-cluberegueiros guerreiros De Jah e outros 22 fãs
regueiros guerreiros De Jahregueiros guerreiros De Jahregueiros guerreiros De Jahregueiros guerreiros De Jahregueiros guerreiros De Jah

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

A banda Zaktar, formada há sete anos, é composta por nove artistas, com e sem necessidades especiais. Entre os integrantes do grupo estão cadeirante e portadores de Síndrome de Down. O grupo foi desenvolvido a partir do projeto do professor e músico Luciano Mendes de Oliveira. O projeto, que leva o mesmo nome da banda, tinha o objetivo de estimular os alunos no aprendizado da música, desenvolver a sensibilidade, coordenação motora, emocional e a socialização.

Ao longo das aulas, Luciano percebeu que os meninos tinham capacidade e vocação, por isso resolveu investir no grupo. "Selecionei nove para fazer parte do projeto de profissionalização e inclusão por meio da música. Eu os escolhi de acordo com os talentos e facilidades que fui percebendo durante as aulas", comentou Luciano.

Em 2004, eles se profissionalizaram e tiraram a carteira da ordem dos músicos do Brasil. Neste mesmo ano, começaram a gravar o disco que foi lançado em 2007 com o nome "Coisas Belas da Vida". O trabalho chamou a atenção de vários músicos famosos que se surpreenderam com o talento dos participantes e resolveram apoiar o projeto. Entre eles, Alexandre do Natiruts, Da Gama - Cidade Negra, Falzi - Tribo de Jah, Bruno Golveia - Bíquini Cavadão e a banda O Rappa.

O estilo, escolhido para as músicas, foi o reggae. Para o baixista da banda, Alexandre Macarrão, é o estilo que mais tem a ver com a luta da Zaktar. "No momento que escolhíamos as músicas, percebemos que seria interessante trabalhar com o reggae, que tem mais a ver com a concepção de deficiência, de superação", afirmou Alexandre - baixista. Das 14 faixas do disco, dez são reggae, as outras quatro, pop e rock.

Alexandre conta, ainda, que o mais interessante do grupo é que as pessoas olham e não sabem identificar quem é deficiente ou não. Todos se confundem. Acrescentou também, que o ambiente do grupo é sempre de descontração e discussões. "Todos os músicos participam das gravações, dando opiniões nos arranjos e escolhendo as músicas. Sempre nos divertimos nos ensaios e nos shows, brincamos um com o outro e também brigamos, claro", disse o baixista.

A limitação para a música ou qualquer outra arte não está ligada a aspecto físico ou mental do artista e, sim, a sua forma de expressar a criatividade. Zaktar já se apresentou em várias cidades do Brasil, entre elas Belém, São Paulo, Goiânia, Rio de Janeiro e Curitiba. A reação do público, segundo o baixista, é de espanto. "Em um primeiro momento todos se assustam e se perguntam se vamos tocar mesmo. Depois, sempre gostam e querem o CD. Geralmente a reação é positiva", completou Alexandre.


O significado do nome Zaktar é "tudo de bom".

A banda ZAKTAR é:

- Júlio Piires (Percurssão)
- André Gustavo (Trompete)
- Joaquim Lins (Percurssão e Trombone)
- Marco Aurélio (Bateria)
- Cristiano Alves/Peixe (Percussão e Efeitos)
- Niltinho Legal (Voz e Violão)
- Marco França (Guitarra)
- Alexandre Macarrão (Baixo)
- Jéferson Alve (Teclados).

Playlists relacionadas